TOP 10 melhores momentos do Grammy Awards

Tapete Vermelho, the trend, | Faz 3 anos

 
Melhores momentos grammy

Ronin 47/Splash News / HECTOR MATA/AFP/Getty Images / Jason Merritt/Getty Images / ABC/Richard Harbaugh




Relembre apresentações e outros fatos marcantes






Depois do Globo de Ouro e do SAG Awards, está na hora do mais importante prêmio da música, o Grammy Awards, que acontece no próximo domingo, 26, no Staples Center, em Los Angeles.

LISTA DE INDICADOS AO GRAMMY 2014

Como foi divulgado, a premiação deste ano terá uma série de atrações, como Beyoncé, Jaz Z, Taylor Swift, Pink, Daft Punk e até Paul McCartney e Ringo Star. E, claro, uma série de estrelas cruzando o tapete vermelho em modelitos maravilhosos – assim esperamos.

Para entrar no clima do Grammy 2014, que tal relembrar os momentos mais marcantes da premiação nos últimos anos?

Beyoncé e Jay Z vão se apresentar no Grammy Awards 2014

O tributo de Jennifer Hudson a Whitney Houston, 2012: como a cantora havia morrido um dia antes da premiação acontecer, a homenagem precisou ser feita às pressas, mas Hudson encarou a missão e apresentou uma versão emocionante de I Will Always Love You.





O vestido de Jennifer Lopez, 2000: temos certeza que a cantora ainda tem pesadelos com o vestido mais ousado da história do Grammy, já que o modelo Versace deixava muito pouco para a imaginação com o decote que ia até a cintura e uma fenda que começava logo em seguida, além do tecido transparente. Para sorte da cantora, nada além do planejado foi mostrado, o que pode ser encarado como um milagre fashion.





Kanye West em seu momento Angel da Victoria's Secret, 2005: o futuro marido de Kim Kardashian sabe como fazer uma performance. Em 2005, o rapper se apresentou cantando Jesus Walks com uma super produção, em que encenou sua morte, saiu de um caixão e ainda terminou voando com grandes asas brancas.





O ano de Michael Jackson, 1984: no 26ª Grammy, o Rei do Pop foi indicado à 12 categorias e levou oito prêmios por Thriller. Michael Jackson não só foi o dono da noite como ainda determinou o recorde de mais indicações em um ano.

Um grande momento para o rap, 2009: T.I, Jay Z, Lil Wayne, Kanye West e M.I.A. se uniram para cantar Swagga Like Us, originalmente de T.I e Jay Z. Apesar dos esforços dos rappers, foi M.I.A. quem roubou o show, com seu vestido transparente e com bolinhas. Aliás, a cantora estava gravidíssima, e deu à luz três dias depois da premiação.





O retorno de Adele, 2012: depois de uma cirurgia de emergência na garganta, a cantora ficou por um bom tempo longe dos palcos, mas, assim que se recuperou, voltou em grande estilo, se apresentando no palco do Grammy. Para não deixar dúvidas de que sua voz estava intacta, Adele cantou as primeiras notas de Rolling in the Deep em capela, sendo ovacionada pela plateia.





Beyoncé & Prince, 2004: os cantores cantaram Baby I'm a Star com toda banda depois de um dueto de Purple Rain, mas quando a plateia achou que acabou, Beyoncé ainda dançou ao som de Crazy in Love antes de os dois finalizarem o show com Let's Go Crazy.





Lady Gaga & Elton John, 2010: depois de cantar Poker Face sozinha, Elton John surgiu no palco, tocando piano ao lado da Mother Monster, os dois então cantaram Speechless, seguida por Your Song. A melhor parte não musical? Os óculos combinando dos cantores.





Eminem & Elton John, 2001: anos antes do dueto com Gaga, Elton John cantou Stan com o rapper, acalmando os ânimos de uma polêmica anterior, quando Eminem foi criticado pela comunidade gay por suas letras homofóbicas. Em resposta à apresentação, Elton John afirmou que preferia destruir as barreiras das pessoas à construí-las.





Kanye West & Daft Punk, 2008: muito antes de Yeezus e Get Lucky, o rapper se reuniu com a dupla francesa de música eletrônica para uma nova versão de Stronger, lançada no ano anterior.