Miley Cyrus era supostamente uma garota cruel na época de colégio

E! News, Início, | Faz 6 anos

 
Freddie Baez/startraksphoto.com
Ainda não esquecemos que Miley Cyrus andou se drogrando. Depois deste episódio, ela também é notícia por estar sendo acusada de ter mentido sobre o seu passado.   A ex-estrela da Disney contou a todos sobre as suas memórias de infância, sobre o mal que passou durante seus anos escolares, quando suas amigas a maltratavam e a zuavam. No entanto, parece que a história é bem diferente e totalmente ao contrário do que Miley andou contando. Sua melhor amiga de infância garantiu que, na realidade, quem tornava a vida da cantora impossível com as amigas de colégio era ela mesmo. Nicole Mullen-Holm e Miley Cyrus foram melhores amigas durante a infância e compartilharam os anos escolares juntas até os 12 anos, quando ela se mudou para Hollywood para dedicar a sua vida interpretando Hannah Montana. A jovem estrela publicou um livro, Miley Cyrus: Miles to go, em que contra suas memórias e explica as coisas de ruim que enfrentou na escola, pois segundo ela, as suas colegas de sala insultavam e brincavam com a cara dela - histoória parecida com a de Demi Lovato-. Mas Nicole tem uma lembrança diferente. Longe da versão de Miley, ela admitiu que a vida era completamente diferente: Miley era quem brincava, zuava e insultava aos colegas de escola. “Miley é uma mentira que abusava as meninas da sala e era uma chata com todo mundo", declarou Nicole em uma entrevista com Radar Online. “Estou chocada ao ver como ela escreveu um livro sobre ser vítima de bullying, quando era ela a responsável por ser cruel com as garotas da nossa sala na época de colégio". Chocada estamos nós. Aparentemente, tudo ia bem até que as duas chegaram no ensino médio e Cyrus resolver dar um "giro de 180° Al parecer, todo iba bien hasta que ambas llegaron a la escuela secundaria, momento en que la artista “dio un giro de 180º na direção errada", como diz a ex-amiga da cantora. De acordo com o livro de Miley, “as meninas zuavam com ela além do assédio normal”. Ela conta que elas "eram capazes de ferí-la fisicamente" porque eram "grandes e fortes", ao contrário dela, que sempre foi "magra e baixa". Nicole novamente fica indignada e de acordo com Radar Online. “Miley foi muito cruel. Lembro, uma certa vez, dela gritando e xingada uma garota só porque ela era acima do peso, chamando-a até de 'lésbica'". O tempo passou e ela admite que não guarda nenhum rancor pela protagonista de Hannah Montana, muito pelo contrário, "Acima disso tudo, acho que Miley tem um bom coração. Mas depois a vi com as mesmas atitudes que Lindsay Lohan. Não quero que ela volte a ser a garota cruel da época de colégio e odiaria ver ela se destruir. Ela tem muita sorte e deveria mostrar humildade", concluiu Nicole.  O que Miley deve estar achando disso tudo?