Megan Fox e Zac Efron, jovens e belos que fracassaram nos cinemas

E! News, Início, | Faz 7 anos

 
Michael Buckner/ Getty Images
Jonah Hex, o inefável western protagonizado por Megan Fox e Josh Brolin, é o maior fracasso cinematográfico do ano. Assim é considerado na lista da revista Forbes, junto com estrelas Zac Efron, Harrison Ford, Jude Law e Matt Damon. A lista mostra que em Hollywood, como em qualquer parte do mundo, nem tudo brillha é ouro. Muito menos no caso de Megan Fox, que depois de sair da saga Transformers, ordens do diretor Michael Bay, não faz nada além de acumular fracasso após fracasso. Jonah Hex custou 47 milhões de dólares, porém só chegou a faturar 10 milhões.   Não é suficiente ser considerada a mulher mais sexy do planeta para ser uma movie star. A pessoa precisa de talento também. No segundo lugar dos fracassos cinematográficos aparece Medidas Extraordinárias, um drama misturado com suspense estrelado por Harrison Ford e Brendan Fraser. Outro longa que está entre os piores do ano é Repo Men, uma ciência fictícia com Jude Law e Forrest Whitaker, que conseguiu recuperar somente 56% dos 32 milhões que costou para produzí-lo. No quinto lugar está Let Me In, um remake Sueco feito pelos estúdios de Hollywood sobre um grupo de vampiros, que acabou arrecadando somente 20 milhões de dólares. O sexto lugar está o filme de terror Splice que se trata de uma experiência mortal que tem Adrien Brody como protagonista, arrecadando 25 milhões de dólares, lucro que só cobriu 85% do investimento. O ranking obscuro da revista Forbes encerra com uma estrela jovem e outra veterana: Zac Efron no drama Charlie St. Cloud e por fim Edge of Darkness, protagonizado por Mel Gibson (que com certeza deve estar desejando que este ano de 2010 se acabe logo).