Funcionária que acusou Lindsay Lohan de agressão física é demitida da clínca Betty Ford

E! News, Início, | Faz 6 anos

 
XPOSUREPHOTOS.COM
A coisa está feia na clínica de Betty Ford. O centro de reabilitação demitiu Dawn Holland, a mulher que acusou Lindsay Lohan de agressão física, por ter levado a história direto para a mídia. Especificamente, para a TMZ. O representante da clínica, Sr. Patrick, admitiu que a funcionária foi demitida pela Betty Ford Center "por ter violado as rígidas regras e instruções confidenciais ao identificar publicamente nomes de pacientes em entrevistas da imprensa". Holland deu queixa na polícia de Palm Desert e comentou que eles já estão investigando o incidente entre ela e a atriz, ocorrido no dia 12 de dezembro. O pai de LiLo, Michael Lohan, falou para o E! News hoje que a funcionária e sua filha não se davam bem e já fazia um bom tempo. Sobre a história do dia 12, Michael falou que Lindsay estava chegando na clínica do cabeleleiro 10 minutos atrasada e a mulher a pegou forte pelo braço e ordenou um teste de urina.  "Lindsay foi grossa com ela , achando um absurdo ela agir desta maneira", disso o pai da estrela. Holland, que era técnica especializadao em dependência chímica, falou para TMZ durante uma vídeo conferência que LiLo e outras duas garotas conseguiram escapar da clínica para ir beber e depois tentaram pular o muro para entrar de volta. Ainda de acordo com a demitida, quando ela ordenou que as três fizessem o bafômetro, a atriz xingou ela e a empurrou, depois saiu correndo e  foi ligar para a polícia.  Só que Holland foi para outro quarto e puxou a linha em outro telefone para poder falar com o responsável da polícia. Mas foi aí que, de acordo com Hollando, que LiLo apareceu e agrediu ela tentando puxar o telefone de sua mão, a machucando tanto que ela foi parar na enfermaria. "Ela tinha um bafo de cachaça", falou Holland. "Eu não toquei na mulher. Eu não estou disposta a prejudicar o meu emprego sobre nenhum paciente". O advogado de Lohan, Shawn Chapman Holley, falou previamente que, "Nos recusamos a comentar sobre o tal incidente, pois estamos aguardando a investigação da polícia. No entanto, devemos deixar claro que, foi Srta. Lohan quem ligou para a polícia para pedir ajuda na hora do incidente do dia 12".