Whitney Houston pode ter sido assassinada

E! News | Faz 5 anos

 

BERTRAND GUAY/AFP/Getty Images



Prontos para mais um episódio sobre a morte de Whitney Houston?

A morte, que parecia estar destinada a ser considerada um acidente, teve seu destino alterado...






Segundo uma fonte próxima às investigações, o gabinete de Los Angeles tem recebido inúmeros telefonemas e e-mails de pessoas que dizem serem amigos e parentes de Whitney alegando que ela foi assassinada.

A fonte disse ao TMZ que existe até uma pessoa alegando ter informações que podem provar a teoria do assassinato.

Bem, mas isso não é novidade, pelo menos não para a irmã de Bobby Brown, Leolah, que afirma que a morte não foi um acidente.

"É muito importante saber que ela não morreu assim, sem mais nem menos. Vou descobrir o que realmente aconteceu, mesmo que essa seja a última coisa que eu faça na minha vida", disse Leolah.

O médico legista ainda está esperando o resultado dos exames toxicológicos para determinar se as drogas tiveram um papel importante na morte da cantora.

Entretanto, uma fonte contou ao E! News que nada que possa vincular sua morte a um de seus associados, funcionários ou médicos foi encontrado até agora.

"Ela não tinha nenhuma marca em seu corpo ou algo que indicasse uma luta", disse a fonte.





LEIA TAMBÉM: Jermaine Jackson e Whitney Houston tinham um caso? La Toya Jackson sabe a resposta