Whitney Houston ainda não está descansando em paz

E! News | Faz 5 anos

 

Richard Young/startraksphoto.com



O funeral de Whitney Houston foi bastante caro, e muito mais pelas taxas que tiveram que ser pagas do que por qualquer outra coisa.

E parece que a cidade natal da falecida cantora, Newark, Nova Jersey, gastou mais de US$187 mil com a polícia para reforçar a segurança do velório em que os amigos de familiares de Whitney se reuniram para prestar as últimas homenagens a ela em fevereiro.

 






LEIA MAIS: Relatório final da morte de Whitney Houston é divulgado e novas evidência são encontradas





A CBS New York afirma que cerca de 200 policiais cercaram a Igreja New Baptist, onde o funeral aconteceu, e também a casa da cantora, em que aconteceu uma reunião privada para os familiares de Whitney.

"Acho ridículo quando você tem pessoas que estão desempregadas e sem casas, pessoas andando para lá e para cá pelas ruas", disse um morador de Newark à CBS sobre o dinheiro gasto pela cidade, adicionando que a família Houston "é quem deveria ter pagado pela segurança extra".

A concil de Newark defendeu a decisão de utilizar "barreiras e oficiais da lei" durante o funeral, adicionando que a proteção era necessária devido às milhares de pessoas que foram até lá, "Se não fosse por isso alguém teria saído de lá seriamente ferido", disse ela.