Travesti pede US$150 mil a Khloé Kardashian Odom para retirar acusação de agressão física

E! News | Faz 5 anos

 

Larry Busacca/NBCU Photo Bank via Getty Images for E!



Depois de acusar Khloé Kardashian Odom de agressão física, a modelo travesti Chantal Spears – também conhecida como Ronald Spears – está disposta a deixar a acusação de lado se a Kardashian desembolsar US$150 mil por ter causado "ansiedade mental e emocional" a ela.

Nos documentos apresentados à corte em dezembro do ano passado, Spears alega que Khloé teria "a atacado e espancado violentamente seu corpo" em dezembro de 2009 do lado de fora de um clube em Hollywood Boulevard.

 






De acordo com o TMZ, Khloé alega que estava apenas se defendendo, e se opõe ao pedido dizendo que Chantal não especificou quais foram os danos, mesmo tendo sido perguntada várias vezes.

Anteriormente, Spears disse ao site que o ataque teria acontecido porque Khloé ficou com ciúme depois que ela se aproximou de Lamar Odom e disse que ele "era muito novo para estar casado".

Apesar da polícia ter ido até o local onde a briga ocorreu, nenhuma delas chegou a ser presa, mas Chantal teria dito que Khloé teria problemas pelo ocorrido.

O caso ainda está aberto esperando uma decisão do juiz.

Mas será que foi mesmo tão grave?