Taylor Swift afirma que há um “lugar especial no inferno” para Tina Fey e Amy Poehler

E! News | Faz 4 anos

 

Courtesy of Kevin Mazur/WireImage, Peter Lindbergh/Vanity Fair



Cantora foi alvo de piadas das comediantes no Globo de Ouro






Taylor Swift pode até ter demorado para comentar alguns assuntos, como o fim de seu relacionamento com Harry Styles e as recentes piadas cercando sua vida amorosa.

Mas a cantora não poupou ninguém durante sua entrevista para a revista Vanity Fair, da qual é a nova capa.





Siga o E! Online Brasil no Twitter





Durante o Globo de Ouro, que aconteceu no dia 13 de janeiro, Taylor foi um dos alvos das brincadeiras de Tina Fey e Amy Poehler, apresentadoras da premiação, que a advertiram para ficar longe do filho do ator Michael J. Fox, pois ela precisava de um tempo para si mesma.

No momento, a câmera não cortou para a cantora, como de costume, porque ela estaria no banheiro quando tudo aconteceu. Entretanto, apesar de garantir que sabe rir de si mesma, Swift deixou claro que não gostou nada do que foi dito.





Leve o E! Online Brasil no bolso! Baixe o aplicativo do E! na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World






"Você sabe, Katie Couric é uma das minhas pessoas favoritas. Ela me disse que ouviu uma frase que dizia, ‘Há um lugar especial no inferno para mulheres que não ajudam outras mulheres'", declarou Taylor.

Em entrevista ao E! News durante a pré-estreia de Admissions na noite de ontem, 05, Tina Fey afirmou estar surpresa com a reação da cantora, porque, para ela, se alguém ficaria bravo, esse alguém seria James Cameron.





LEIA MAIS: Taylor Swift garante que só teve dois namorados desde 2010









O diretor de Avatar foi alvo de uma piada sobre a controvérsia em torno do filme A Hora Mais Escura. "Quando se trata de tortura, eu confio na mulher que passou três anos casada com James Cameron", disse Poehler durante seu discurso sobre o trabalho da diretora Katheryn Bigelow, ex-mulher de Cameron.

"Ah, eu sinto muito por ela estar triste. Eu sou uma feminista, e ela é jovem e talentosa. Dito isso, eu concordo que vou para o inferno. Mas por outras razões, principalmente por causa da chatice dos impostos", declarou Amy Poehler ao Hollywood Reporter.