Taylor Swift admite em julgamento: "Ele pegou meu bumbum por baixo da saia"

E! News | Faz 2 meses

 
Taylor Swift

Kevin Mazur/Getty Images for iHeartRadio / Turner




Triste!






Taylor Swift está participando do quarto dia do julgamento contra o DJ David Mueller, no qual ela o acusa de assédio sexual, e ao ser questionada pelo advogado dele, Gabriel McFarland, a cantora deu mais detalhes de como tudo aconteceu. Força, Taylor!

MÃE DE TAYLOR SWIFT CHORA EM JULGAMENTO DA FILHA SOBRE ASSÉDIO SEXUAL

"Ele definitivamente me agarrou. Foi demorado", disse ela. Ao ser questionada sobre por "quanto tempo" ele segurou, ela respondeu: "Eu não acho que seria sábio estimar o tempo no tribunal, mas eu sei que foi longo o bastante para eu ter completa certeza que foi intencional".

Quando McFarland perguntou se o cliente dele tinha pego no seu "bumbum nu", ela respondeu: "Sim. Ele ficou segurando no meu bumbum nu... Eu senti ele agarrar o meu bumbum por baixo da saia. Os primeiros milisegundos eu achei que tinha sido sem querer, então eu me mexi para o lado bem rápido para que ele largasse, mas ele não largou".

TAYLOR SWIFT E JOE ALWYN SE ESCONDEM AO SEREM FLAGRADOS SAINDO DA ACADEMIA

Quando ele questionou se ela tentou fugir, a cantora revelou: "Foi uma coisa muito chocante que nunca tinha acontecido comigo antes. Isso nunca foi algo que eu tive que lidar. Eu fiquei o mais longe que eu pude dele". "Uma luz se desligou em minha personalidade", disse ela sobre o momento que tudo aconteceu. "O seu cliente podia ter tirado uma foto normal comigo", continuou.

Após isso, McFarland começou a questionar porque o segurança de Taylor, Greg Dent, não tomou nenhuma atitude quando viu o que aconteceu. A catora afirmou que sempre confiou e que sempre vai confiar nele. Segundo ela, a atitude de David foi "maldosa e discreta": "Tinha uma parede atrás de mim".

"O que o sr. Mueller fez foi, como eu disse, bem intencional e o local foi bem intencional e aconteceu bem rapidamente e eu não vou culpar Greg Dent por algo que o Sr. Mueller fez", contestou Taylor. Quando o advogado insistiu e perguntou se Taylor estava ciente de que Dent dexou alguém passar a mão nela, a cantora discordou: "Não, eu estou ciente de que o seu cliente enfiou a mão dele embaixo da minha saia e agarrou meu bumbum".

KATY PERRY DIZ QUE AMA TAYLOR SWIFT APESAR DAS DIFERENÇAS ENTRE ELAS

Quando Gabriel mencionou que seu cliente foi demitido da rádio em que trabalhava por causa do processo, ele perguntou se Taylor achava que o DJ tinha "recebido o que merecia", ela respondeu: "Eu não sinto nada pelo Sr. Mueller. Eu nao conheço ele... Eu não tenho nenhum sentimento por uma pessoa que eu não conheço. Eu acho que o que ele fez foi desprezível, horrível e chocante, mas eu não conheço ele". "Eu não vou deixar de jeito nenhum que você ou o seu cliente me façam sentir como se isso fosse minha culpa, porque não é. Eu estou sendo culpada por acontecimentos infelizes da vida dele que são produto das decisões dele, não minhas", comentou ela.

O advogado também mencionou a foto do momento em que o assédio aconteceu. Ao questionar como a saia de Taylor não estava levantando na frente, a cantora disparou: "Porque meu bumbum fica na parte de trás do meu corpo", o que arrancou algumas risadas de quem estava no julgamento. No fim, o juiz perguntou se o advogado de Taylor tinha alguma pergunta e ele afirmou: "Absolutamente nenhuma pergunta".





Os looks mais incríveis de Taylor Swift no palco