Taylor Lautner sobre o fim de Crepúsculo: “Não vou sentir falta de ficar sem camisa sempre"

E! News, Imperdível, | Faz 4 anos

 

AgNews




Confira a entrevista do E! Online Brasil com o ator direto do Rio de Janeiro!






Enquanto seus colegas de elenco Kirsten Stewart e Robert Pattinson promovem o último e mais esperado filme da saga Crepúsculo, Amanhecer - Parte 2, em meio à sombra do escândalo da traição da atriz, Taylor Lautner foi o escolhido para vir falar do longa aos brasileiros. Lautner, o Jacob da saga adolescente mais adorada desta geração, se encontrou com a imprensa do País nessa quarta-feira, 24, no hotel Fasano, no Rio.



AgNews






AgNews




LEIA MAIS: Enquanto Kristen Stewart promove o último filme da saga Crepúsculo no Japão, Robert Pattinson enlouquece as fãs na Austrália






Não tão badalado quanto seriam as duas outras pontas do triângulo amoroso do filme –- apenas uma dúzia de fãs gritava seu nome na frente do hotel-, Lautner, o mais novo dos protagonistas, com 20 anos, contou sobre o desejo de poder explorar mais o Brasil, "ir a jogos de futebol e ver tudo o que eu pudesse!".

Confira as melhores partes do bate-papo, no qual ele falou sobre as surpresas e diferenças do livro, quem são seus ídolos e como pretende conduzir sua carreira depois da saga. "Não vou sentir falta de ficar sem camisa sempre. Mesmo", confessou ele, fazendo todos caírem na risada. Lautner ainda revelou qual outro personagem gostaria de ter interpretado (dica: não é o Edward!). 



AgNews




Siga o E! Online Brasil no Twitter e acompanhe as notícias mais quentes do showbiz!



AgNews








DESFECHO

"É extremamente triste que tenha chegado a um fim. Eu fiquei muito satisfeito com o final, adoro o quarto livro, é o mais diferente de todos os da série, fiquei chocado quando li a primeira vez. Acho que os fãs vão ficar muito satisfeitos".

 

SPIN OF

"Não sei muito sobre isso. Bom, não existem mais livros, então não sei o que vai acontecer, mas é uma ideia bem interessante".

 

PRÓXIMO CAPÍTULO

"Gostaria de trabalhar com muitas pessoas. Estou ansioso para isso. Há uma lista longa de diretores, como Gus Van Sant, Steven Spielberg. Eu gostaria muito de trabalhar com atores mais experientes e aprender com eles. Tenho alguns próximos projetos. Estou muito com o próximo passo da minha carreira, de poder me desafiar com coisas novas".

"Vou fazer um filme com os produtores de Twilight chamado Tracers, que deve começar em breve...É um projeto que tenho desenvolvido há mais de um ano, é muito querido para mim".



AgNews




Acompanhe o E! Online Brasil no Facebook!






TROCA-TROCA

"Adoraria ver as coisas pela perspectiva de Edward, até porque eu tenho interpretado o Jacob há tanto tempo. Mas na verdade seria ainda mais interessante ver as coisas pela a Bella. Ela é um personagem muito interessante, ninguém a viveria melhor que a Kirsten. Mas eu ficaria bizarro de peruca!".

 

CENA FAVORITA

"Quando a Bella (Kirsten Stewart) percebe que eu que tive o imprinting com a filha dela e meio que fica louca. Ela me leva para o quintal e começa a me bater por todos os cantos para mostrar quem manda. Foi hilário para a mim ver a Kirsten daquele jeito, e também por eu estar apanhando dela! Já as mais difíceis são as dramáticas, com certeza".





ÍDOLOS

"Tom Cruise, Denzel Washington, Matt Damon. Eles nunca fizeram so a mesma coisa, eles já conquistaram tudo, fizeram de tudo. Olha para o Tom Cruise: ele já fez de tudo, interpretou vários personagens, acho isso o máximo".

 

50 TONS DE CINZA

"Eu não li o livro, não sei muito, só que parece interessante, tem uma coisa dark, esquisita. Mas nunca me convidaram".






LEIA MAIS: Taylor Lautner desembarca no aeroporto do Rio de Janeiro na madrugada do dia 24!






CINEMA BRASILEIRO

"Acho que o Brasil é um lugar de onde vem muitos talentos. Sou muito fã do Brasil como um todo. Adoraria trabalhar aqui e com talentos daqui...Mas nunca vi algo que me marcasse, acho que não, me mande alguns que eu vou assistir!".

 

FÃS BRASILEIRAS

"Quando estive aqui da última vez foi bem divertido. Quando multidões de meninas se juntam é divertido, elas são um pouco assustadoras, não vou mentir se disser que não. Elas foram muito agressivas, achei o máximo!" Taylor Lautner sobre o fim de Crepusculo: "Não vou sentir falta de ficar sem camisa sempre".



AgNews








Veja mais fotos do astro no Brasil:





Taylor Lautner promove Amanhecer – Parte 2 no Brasil