Tabloide francês que publicou as fotos de Kate Middleton é obrigado a entregas as cópias dos arquivos

E! News | Faz 5 anos

 

Chris Jackson/Getty Images




Casal real vence na justiça






O Príncipe William pode até ter mantido a calma depois que o tabloide Frances publicou em sua capa as fotos de Kate Middleton fazendo topless durante as férias do casal na França, mas ele também tem sangue nas veias.

"Como vocês podem imaginar, William estava triste com a situação", disse Omid Scoobie, chefe do departamento europeu da Us Weekly, ao E! News sobre a reação do herdeiro do trono britânico ao saber das fotos.

"Durante o resto da estadia em Kuala Lumpur estava claro que William estava bravo", continuou Scoobie, "A notícia do escândalo realmente o pegou. Ele não estava confortável como esteve nas ocasiões anteriores. Quando ele estava com a imprensa, especialmente os fotógrafos, ele cerrava os punhos e rangia os dentes. Ele não estava confortável com a exposição".





Kate Middleton contrata advogado de John Galliano para cuidar do caso das fotos





Assim como Kate também não estava, obviamente, já que a família real processou a revista Closer horas depois da publicação das fotos e entrou com um advogado para retirar as fotos.

De acordo com o Mirror britânico, William teria dito que queria que o responsável pelas fotos, seja ele quem for, atrás das grades.

"Assim que William e Kate souberam que estava tudo sob controle, eles chegaram a conclusão que se esforçariam ao máximo para não pensar mais nisso.  O lema da realeza é ‘fique calmo e siga em frente', e foi exatamente isso que fizeram. Nas Ilhas Salomão eles estavam se sentindo muito melhor".





Agora, um dia depois do casal ter entrado com uma queixa criminal, uma corte francesa proibiu que a revista Closer publicasse as imagens futuramente e a obrigou a entregar todas as cópias dos arquivos – como confirmou o porta-voz do Palácio ao E! News

Além disso, a corte abriu uma investigação criminal sobre o tabloide e o fotógrafo responsável para decidir se eles irão enfrentar as acusações por terem invadido a privacidade de Kate e William.

Segundo a BBC, o editor do Irish Daily Star, que também publicou as fotos, foi suspenso – e a suspensão veio justamente em meio aos relatos de que o Ministro de Justiça da Irlanda, Alan Shatter, está planejando revisar as leis de privacidade do país após o escândalo.





Príncipe William e Kate Middleton na turnê do Diamond Jubilee