Super sexy, Michelle Williams posa para a GQ e mostra que ainda sofre com a perda de Heath Ledger

E! News | Faz 48 anos

 

GQ



Ao receber um Golden Globe no último domingo, Michelle Williams disse que antes de tudo era uma mãe e que ser atriz ficava em segundo lugar. Então, só temos uma coisa a dizer: uau, que mãe!

Essa lista acaba de ganhar uma terceira função, graças à revista GQ que estampou a estrela de My Week With Marilyn na sua edição de fevereiro 2012: sex symbol!

Marilyn ficaria bem orgulhosa. "Eu não diria que ser sexy é uma das minhas qualidades como ser humana", disse ela à revista.






"E só porque meu personagem em Dawson's Creek era sexy, sensual... Eu conseguir ver toda a atenção e conotação negativa que isso pode trazer. E que estas coisas impede das pessoas de te ver como realmente é".

"O que quero dizer é que sexualidade tem sido parte do meu trabalho, obviamente... Blue Valentine (filme estrelado por ela e Ryan Gosling), mas nunca foi sexy, nunca foi bonito".

Como qualquer entrevista feita hoje em dia, o assunto acabou no falecido parceiro e pai de sua filha Matilda, o ator Heath Ledger.

Quando perguntaram a Michelle o motivo da sintonia do casal, a atriz de 31 anos respondeu, "Há uma resposta para isso, mas não quero dizer. Nosso encontro inicial, as circunstâncias de quando nos conhecemos pela primeira vez, foi cósmica, algo assim".
 
Sobre o rápido avanço do relacionamento, "Sim, muitas coisas aconteceram de vez. Era como se fosse: tínhamos muitas coisas para fazer porque não tínhamos muito tempo".

Em relação a Matilda e seus relacionamentos, a vencedora do Golden Globe disse que ela não sente mais uma urgência em ter mais filhos, como sentia antes. "Eu realmente queria ou imaginava que Matilda teria irmãos que fossem perto de sua idade. Eu queria isso para ela. Mas não consegui fazer isso. E agora ela tem seis anos e não há mais a possibilidade de fazer isso acontecer".

Williams deixou claro que seu amor por Heath ainda não acabou e respondeu cada pergunta sobre o falecido astro em lágrimas.

E ela acreditava que os dois eventualmente poderiam cruzar os caminhos de volta? "Isso me deixa muito triste para responder", disse ela. Após uma longa pausa, "Disse que me deixaria muito triste para responder, mas também... É uma das coisas que mais gosto de imaginar".

"Nada está do jeito que eu imaginei", disse ela à GQ. "Algumas coisas melhoraram, outras nem tanto... Pioraram".

Mas se depender da temporada de premiações, Michelle ficará mais alegre porque suas indicações prometem prêmios!



Michael Thompson/GQ






Courtesy: Michael Kovac