Shia LaBeouf usou alucinógenos para interpretar seu novo personagem

E! News | Faz 5 anos

 

Voltage Pictures



Ator queria entender como seu personagem se sentia






Quando se trata de entrar no personagem, Shia LaBeouf está disposto a fazer qualquer coisa. E, para seu papel em The Necessary Death of Charlie Countryman, um filme indie que acabou de ser filmado, o ator tomou medidas bem mais drásticas do que apenas mudar o visual...

"Há uma forma de fazer uma viagem de ácido como Harold & Kumar, e há a forma de ficar no ácido", disse ele ao USA Today, "O que eu sei sobre atuar, Sean Penn se amarrou de verdade a uma cadeira elétrica em Dead Man Walking. Esses são os caras em quem eu me inspiro".

O personagem de Shia é um homem que se apaixona por uma mulher que está sendo solicitada por um violento chefe do crime. O filme, dirigido por Fredik Bond, ainda tem Rupert Grint, Evan Rachel Wood e Mads Mikkelsen no elenco, e tem estreia prevista para janeiro, no Sundance Film Festival.

O papel promete levar LaBeouf para longe do território de Transformers e Indiana Jones, e ele o encarou de frente.

Durante a pré-estreia de Lawless, o ator disse ao E! News que chegou a testar uma droga para entender como seu personagem, Jack Bondurant, age sob o efeito de um licor alucinógeno. Ele também se transformou ganhando 20 kg para poder ficar um pouco mais parecido com seus companheiros de elenco, Tom Hardy e Jason Clarke, que interpretam seus irmãos no filme.

"Estou mais seguro comigo mesmo", disse ele sobre seus erros do passado, "Acho que a maioria dos caras de 20 e poucos anos passa por batalhas similares e começa a ver o que são limites e regras. É sobre quebrar barreiras e se encontrar. Eu nunca aprendi com o erro dos outros, não sou tão esperto, então aprendi me queimando".

No mês que vem, LaBeouf começa a gravar Nymphomaniac, o drama erótico de Lars Von Trier. Ele deu a entender que irá gravar as cenas de sexo "de verdade", mas admitiu estar aterrorizado de trabalhar com o diretor.