Seguranças de Gisele Bündchen são presos

E! News | Faz 3 anos

 
Gisele Bundchen, Tom Brady

Dimitrios Kambouris/WireImage.com



Confira o que aconteceu






Gisele Bündchen teve um final de semana agitado. Dois antigos seguranças da modelo foram presos depois de condenados por tentativa de homicídio, por atirarem em fotógrafos no casamento de Gisele e Tom Brady, em abril de 2009.

Gisele Bündchen é flagrada sem maquiagem

Os seguranças Miguel Solis e Alexander Rivas foram detidos e irão cumprir cinco anos de prisão por atirarem contra os paparazzi, que estavam tentando flagrar a noiva.

Gisele Bündchen arrasa em ensaio com o Daft Punk

Segundo a agência AFP, o fotógrafo Rolando Aviles afirmou que balas atravessaram seu carro, quase acertando ele e um colega.

As fotos de nudez mais belas de Gisele Bündchen

Além disso, os seguranças terão que pagar cerca de 24,8 mil em danos para cada fotografo.

Siga o E! Online Brasil no Twitter

Gisele nunca chegou a comentar o incidente de seu casamento, que aconteceu em uma casa de praia em Puntarena, na Costa Rica. Entretanto, Tom Brady afirmou anteriormente que os seguranças não estavam armados.