Russell Brand está “insatisfeito” com sua carreira de ator e vai se dedicar somente à comédia

E! News | Faz 5 anos

 

AKM-GSI



Russell Brand está voltando às suas raízes.

E não, isso não quer dizer que ele vá voltar com Katy Perry ou escrever mais um livro sobre sexo e drogas inspirado em suas memórias. Ao invés disso, o ator de Rock of Ages irá se despedir das telonas para focar em sua comédia stand-up, BrandX.

Mas por quê?






LEIA TAMBÉM: Russell Brand fala sobre seu divórcio com Katy Perry e confirma que já está namorando com outra mulher





Bom, pelo jeito o sucesso nos cinemas deixou o comediante "insatisfeito".

"Eu comecei a me sentir um pouco insatisfeito. Senti falta de estar perto de um público, senti falta de ser realmente honesto e verdadeiro", disse Russell ao Sunday Times.

Brand começou a ficar famoso como apresentador de TV e comediante de stand-up antes de seguir para as telonas em filmes como Forgetting Sarah Marsahll, Get Him to the Greek, e, mais recentemente, Rock of Ages.

Atualmente, o comediante britânico está se dedicando a sua própria série, BrandX, que estreou em 28 de junho no FX.

E embora o ex-marido de Katy já tenha passado por palcos, TV e cinemas, ele admite que a evolução de sua carreira foi natural.

"As pessoas diziam, ‘você quer estrelar filmes?', e eu dizia, "tudo bem, tentarei tudo isso', mas agora eu sei o que ‘isso' é, acho que vou focar em uma coisa de vez em quando", disse ele, "Tendo investigado, agora eu penso, ‘não, fique com o que você realmente faz e o que deveria fazer'. E isso é a comédia, é sobre coisas que são desafiadoras e inquietantes, mas muito quentes e amorosas".

Mas isso não quer dizer que Russell irá abandonar de vez os cinemas.

"continuarei fazendo filmes porque acho que são prestigiados e podem ser realmente prazerosos, mas acho que como artista você quer se envolver criativamente com o que faz de maneira real, então sim, certamente me sinto mais engajado a este programa", disse ele sobre sua nova série.

"Só quero fazer algo que seja muito, muito autêntico, que não tenha qualquer absurdo. Estou dizendo o que acredito – e depois posso trabalhar nisso e cortar as coisas que são mentais e não transmissíveis".