Russel Brand sai de uma fria!

E! News | Faz 7 anos

 
nationalphotogroup.com
O cavalheirismo não está morto, nem é um crime. Russell Brand não enfrentará as acusações pelo incidente ocorrido em setembro no aeroporto de Los Angeles quando defendeu a sua querida esposa Katy Perry de um paparazzi chato. Mas antes de sair aliviado, Brand passou por algumas situações inconvenientes. Ele se reuniu com o seu advogado em Los Angeles para revisar rapidamente a Lei; como por exemplo, a lei que declara que não se pode agredir um paparazzi quando o mesmo está chateando a sua podre mulher. Logo depois, ele teve que se apresentar em uma audiência. “Os interrogatórios foram feitos na quarta-feira passada e Brand esteve presente com o seu advogado", disse o representante do tribunal, Frank Mateljan, a E! News. “Não se espera que haja maiores ações em relação a este caso". Do outro lado, o paparazzi deve se apresentar hoje no tribunal, onde certamente ele deve ouvir aquele longo sermão dos por quês que não se deve seguir as celebridades desse modo.