Robert Pattinson não se considerava um bom ator em Crepúsculo

E! News | Faz 3 anos

 
Twilight

Peter Sorel/Summit Entertainment




"Sempre me senti deslocado", afirmou ele






Apesar de arrecadar milhões em bilheteria e ter agradado bastante os fãs, a saga Crepúsculo nunca foi um sucesso de crítica – muito pelo contrário. E Robert Pattinson parece ter consciência disso, já que afirmou que não estava se saindo bem como ator até estrelar Cosmopolis.

Siga o E! Online Brasil no Twitter

E foi justamente o diretor do drama, David Cronenberg, que convenceu Rob de que ele era mesmo um ator talentoso.

"Cosmopolis é o filme da minha carreira. Antes, eu não me considerava um ator, mesmo depois de 10 anos atuando", declarou Pattinson à revista Madame Figaro.

MAIS: Robert Pattinson fala sobre carreira e término com Kristen Stewart

"Sempre me senti deslocado. Questionava a mim mesmo. David Cronenberg restaurou minha confiança e mudou o jeito que eu atuo e penso sobre a indústria", continuou ele.

Apesar de ter chamado seu papel de Edward Cullen de "benção", o ator afirmou que teve dúvidas se havia tomado a decisão certa ao aceitar o personagem.

LEIA TAMBÉM: Robert Pattinson revela o que procura em uma mulher

"Quando você é abençoado com um fenômeno como Crepúsculo, é difícil imaginar ser encarado de outra forma pelo público. Achei que nunca ia conseguir sair daquilo... Esse tipo de sucesso pode se tornar uma caixinha de surpresas. Sei que passei por um estágio essencial na minha vida", explicou ele.

Leve o E! Online Brasil no bolso! Baixe o aplicativo do E! na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World

"Todas as escolhas que eu fiz hoje vão sempre interferir no meu futuro. A pressão é grande, estou constantemente me questionando, 'Será que fiz a escolha certa?'. Ao mesmo tempo, não deixo o medo me dominar", continuou ele.