Rihanna é eleita a Mulher do Ano

E! News | Faz 5 años

 
A Vogue italiana escolheu Rihanna como a Mulher do Ano. A cantora de S&M foi homenageada pelo seu trabalho de caridade, pelo sucesso com a música pop e pela sua capacidade de enfrentar os problemas da sua vida pessoa com o ex-namorado Chris Brown e com o pai viciado Ronald Fenty. “Independente e enérgica, a jovem Robyn Rihanna Fenty (de apenas 23 anos) é a nossa mulher do ano e não é apenas em virtude dos números, mas também, e o mais importante, pelo seu espírito lutador. O mesmo espírito que a levou de Barbados até o topo das paradas de música, alcançando uma carreira que ela estabeleceu e dominou completamente sozinha (cuja última conquista foi tornar-se embaixadora da Armani)”, escreveu a revista. “Rihanna é sem sombra de dúvidas a melhor competidora de todas para se tornar a nova rainha do pop. Sua carreira sempre foi baseada na capacidade de ser sexy e provocativa”, continuou a Vogue. “Ela conseguiu cuidar da sua carreira mesmo depois de tantas tragédias que afetaram sua vida privada: desde um pai viciado em crack... até ser violentada pelo até então namorado, Chris”. Rihanna, que apareceu pela primeira vez na capa da famosa revista de moda em setembro de 2009, participou de uma campanha para combater o câncer de mama e trabalhou incansavelmente para achar um doador de medula óssea para Jasmina Anema, um jovem fã que luta contra a leucemia. O post no blog da revista italiana continua: “Ela se juntou e deu suporte a pessoas doentes e menos afortunadas assim como fez com a pequena Jasmina Anema, que viu a estrela pop na luta para conseguir um doador para salvá-la da leucemia”.