Revista é proibida de citar Doda Miranda no caso da morte de Cibele Dorsa

E! News | Faz 6 anos

 

Na noite desta segunda-feira, 28, a revista Caras publicou nota em seu site na qual afirma estar sofrendo censura na cobertura da morte de Cibele Dorsa. "A edição impressa circulará esta semana tarjada como em épocas de censura militar, devido ao fato de que todo o material se encontrava em processo de impressão quando o mandado judicial chegou à editora", acompanhe a íntegra abaixo. A publicação pretende recorrer da decisão judicial. O site havia publicado diversas partes da suposta carta de suicídio enviada por Cibele à Redação. O texto continha acusações pesadas contra o cavaleiro Álvaro Affonso de Miranda Neto, 38, o Doda: "É o pior homem que já conheci em minha vida, um lobo em pele de cordeiro". Na manhã desta terça-feira, a revista alterou o conteúdo da nota publicada ontem e disse que não irá usar nenhum trecho da carta. A atriz morreu aos 36 anos, após cair da janela de seu apartamento, na Zona Sul da capital paulista, na madrugada do último sábado. Ainda na segunda-feira, Doda divulgou um comunicado oficial no qual lamenta a morte de Cibele, com quem tem uma filha de 11 anos.   Em fevereiro de 2011, a Caras publicou entrevista de Cibele na qual ela falava bem do ex-marido: "Doda contratou um serviço de homecare para que eu me sentisse melhor e o mais apoiada possível. Mesmo de longe, ele fez de tudo". Leia abaixo o comunicado que foi publicado no site da Caras: "Por ordem judicial, este site, único a receber as mensagens de Cibele Dorsa minutos antes de seu trágico final, estará obrigado a retirar todas elas, na íntegra, antes das 8h da manhã. Já a edição impressa circulará esta semana tarjada como em épocas de censura militar, devido ao fato de que todo o material se encontrava em processo de impressão quando o mandado judicial chegou à editora. Infelizmente, não nos restou outra alternativa aos sermos surpreendidos por uma ordem judicial que nos proíbe mencionar --seja nos nossos textos quanto nas palavras da própria Cibele-- determinada pessoa a quem a atriz se referiu em suas mensagens. Informamos que Caras, por acreditar na plena liberdade de expressão contida na Constituição Federal desse país, e em respeito a seus leitores e internautas, perseguirá a liberação dos textos e nomes que foi obrigada a aqui retirar e impedida na sua edição impressa de mencionar, apresentando os recursos cabíveis." (Fonte: Amaury Jr.)