Quer conhecer a casa em que Michael Jackson morreu? Prepare-se para um grande tour

E! News | Faz 5 anos

 

MLS; AP Photo/Aaron Lambert




Algumas casas têm esqueletos nos armários... Mas essa tem a história de um astro da música e sua trágica morte.

A mansão de Beverly Hill em que Michael Jackson morreu de uma dose letal de propofol em 2009 está de volta no mercado.

E se o seu apetite mórbido está maior hoje, por favor entre para um tour...




Zillow




Chamá-la de "McMansion" não chega nem perto de descrever a grande casa, que está em um propriedade de um pouco mais de 5 quilômetros quadrados.

A mansão tem 7 quartos, 13 banheiros e um elevador para te levar onde você quiser.

Oh meu Deus, e alguém já se perdeu por lá?! Se sim, deve ter se confundido no caminho enquanto passava pelo cinema, spa, academia e adega – que tem uma sala própria para degustação dos vinhos.

Mas com tanto espaço a casa deve ficar gelada, certo? Não mesmo, é só escolher uma lareira para se aquecer... Existem 14 delas espalhadas pela mansão.

E se você estiver com calor, por que não vai dar um mergulho na piscina?!

E já estávamos quase nos esquecendo do preço: Tudo isso por apenas US$23,9 milhões.

 



Zillow




Michael vivia na casa há 7 meses quando morreu em junho de 2009, e os relatos dizem que ele pagava US$100 mil por mês de aluguel.

"Eu o conhecia, e minha mulher foi amiga dele dos 8 aos 10 anos", contou Mauricio Umansky, marido de Kyle Richards, de The Real Housewives of Beverly Hills, e corretor responsável pela venda da mansão, ao Zillow, "E pessoalmente eu acho que há uma ótima energia na casa, vejo de forma positiva. Estou animado por vendê-la".

É bom ver alguém vendo isso de forma positiva (nem que seja pela comissão), afinal, essa não é a primeira vez que a propriedade e as memórias de Michael são colocadas à venda.



Zillow




No ano passado, os móveis do Rei do Pop foram leiloados, inclusive a cama em que Michael estava na hora de sua morte.

O médico pessoal do cantor, Conrad Murray, foi condenado por sua morte em novembro do ano passado por homicídio involuntário após aplicar em Jackson uma alta dose de propofol.

Ele foi sentenciado a quatro anos de prisão, mas é esperado que ele fique preso por menos de dois anos por causa da superlotação da prisão de Los Angeles.



Zillow