Príncipes William e Harry falam sobre o Casamento Real, Lady Di e como ela “teria amado conhecer Kate Middleton”

E! News | Faz 5 anos

 

John Stillwell - WPA Pool/Getty Images



Com o Diamond Jubilee da Rainha Elizabeth acontecendo este ano, e com o casamento do Príncipe William e Kate Middleton no ano passado, estamos prestando mais atenção do que nunca na família real inglesa.

Mas nem tudo foi fácil para eles, e durante a entrevista com Katie Couric, o Príncipe Harry e seu irmão revelaram como a ausência da mãe deles, a Princesa Diana, foi difícil durante estes momentos de celebração.

Confira o vídeo.






LEIA TAMBÉM: Príncipe William elogia trabalho de Rainha Elizabeth como avó





"Não, é claro que foi difícil", disse Harry sobre a mãe, "Você sabe, ela – eu acho que ela tinha o melhor lugar da casa, provavelmente. Mas sim, ela teria adorado estar lá".

E, de acordo com ele, o dia do casamento de Will e Kate não é a única coisa que ela teria estimado, "Ela teria amado Kate", continuou ele.

Já William, que foi entrevistado separado do irmão, também falou sobre a mãe, confessando que se concentrou muito para seu lábio não tremer no dia do casamento.

"Foi muito difícil", disse ele, "Eu me preparei de antemão... Eu estava meio que mentalmente preparado, então não queria nenhum lábio tremendo ou algo do tipo acontecendo".

"Foi uma dessas vezes desde que ela morreu em que eu tive que ir comigo mesmo, seria fantástico se ela estivesse aqui", continuou ele, "E é realmente muito triste para ela, mais do que tudo, não ter podido ver, porque acho que ela teria adorado o dia e acho que ela estaria muito orgulhosa de nós dois pelo dia. É muito triste que ela não vá ter a chance de conhecer Kate".

Mas o assunto do Casamento Real não foi apenas voltado para a parte triste, e Harry contou que não eram apenas os noivos que estavam nervosos pela data.

 "Eu estava massivamente nervoso", confessou ele, "Todos estavam nervosos, e tudo aquilo foi um pouco um borrão, para ser honesto, porque, hum, havia sabe lá quantos milhões ou bilhões de olhos focados em nós. Felizmente, principalmente aqueles dois".