Príncipe William é o novo defensor dos animais

E! News | Faz 5 anos

 

Chris Jackson/Getty Images



Príncipe William assumiu mais um papel: Protetor dos animais.

Na manhã de terça-feira, 19, o príncipe expressou através da BBC seu apoio à Aspinall Foundation, que espera acabar com o contrabando do chifre de rinoceronte e salvar os animais remanescentes da extinção.






De acordo com o programa da fundação,  três raros rinocerontes negros que foram criados em cativeiro em Kent, Inglaterra, serão transferidos para uma floresta na Tanzânia.

Em uma tentativa desesperada de salvar a espécie, os rinocerontes e seus chifres (que valem US$60 mil por quilo) ficarão protegidos o tempo todo por guardas armados.

A sensibilidade do príncipe quanto ao assunto aflorou quando Max, um rinoceronte que ele conheceu em um projeto no Kenya, foi morto por caçadores.

"Infelizmente, ele correu para as pessoas erradas, e agora está em uma fogueira em algum lugar", disse William, que ainda chamou o crime organizado de "extremamente ignorante, egoísta e completamente errado".