Porque não podemos sexualizar Millie Bobby Brown

Faz 2 semanas

Frazer Harrison/Getty Images


O perigo da adultização das crianças

Millie Bobby Brown, de 13 anos, e uma das estrelas da série Stranger Things, tem chamado a atenção do público nos últimos dias. E não foi apenas por sua bela atuação na segunda temporada da série, que estreou na última quinta-feira, 28, mas sim pela forma como Millie tem sido apresentada na mídia.

MILLIE BOBBY BROWN DIZ QUE PODERIA VIVER SEM CELULAR E REDES SOCIAIS

A aparição da atriz mirim no tapete vermelho da estreia da nova temporada da série, acendeu um debate na internet sobre a adultização de crianças. Principalmente quando se faz uma comparação da Millie há um ano, e a Millie de alguns dias atrás. No primeiro red carpet, em 2016, a atriz aparece sem maquiagem, de cabelo natural, e com um vestido e tênis, bastante confortáveis. Um ano depois, a mesma garota surge com fios alisados, maquiagem pesada, vestido de couro e salto alto.

MILLIE BOBBY BROWN CANTA WANNABE, DAS SPICE GIRLS

O assunto virou polêmica, já que Millie estaria sofrendo uma adultização e sexualização pela indústria do entretenimento. O fenômeno da adultização acontece quando a infância da criança é encurtada e ela não vive as experiências de acordo com sua idade, negligenciando as etapas do desenvolvimento.

Fonte: Instagram/@milliebobbybrown

Frazer Harrison/Getty Images


Outro episódio envolvendo a atriz, foi a capa da revista W, de junho, estrelada por Charlize Theron posando de forma extremamente sexy e provocante. Apesar de não fazer parte do ranking da publicação, o nome de Millie surge abaixo da chamada: “Por que a TV está mais sexy do que nunca?”. Apenas o fato da atriz de 13 anos estar envolvida em uma atmosfera tão sensual e erótica, já é um grande fato para estarmos preocupados.

Fonte: Instagram/@charlizeafrica

Millie também já estrelou um editorial de moda para a revista Interview, em outubro de 2016, no qual parece ser bem mais velha do que sua idade. Com visual punk, a atriz faz poses nada convencionais para uma pré-adolescente e aparenta ser uma personalidade fashion bem mais velha.

Mikael Jansson


Mikael Jansson


O mais curioso é que esse fenômeno costuma acontecer muito mais com as garotas do que com os garotos. O comprimento da saia fica menor, o salto do sapato aumenta, a maquiagem cada vez mais carregada e as roupas se tornam mais justas ao corpo, acentuando curvas que ainda nem existem. Como exemplo, podemos ilustrar os próprios colegas de Millie, em Stranger Things, durante o mesmo evento no qual ela esteve presente. Apesar de alguns deles usarem peças que poderiam ter saído do guarda-roupa de adultos, eles continuam parecendo meninos. Já não podemos dizer o mesmo de Millie.

Fonte: Instagram/@gatenm123

[scrollGallery id=19981 start=5 autoScroll=false thumbsdown=true]


Publicidad
Publicidad