Personagem de Sacha Baron Cohen fala sobre ser banido do Oscar

E! News, Oscar Awards, | Faz 5 anos

 


Com toda atenção que o ditador de Sacha Baron Cohen está recebendo, algum desavisado deve ter mesmo pensado que se tratava de um perigoso líder terrorista...

E qual foi a última reviravolta da situação do ator e os organizadores do Oscar?

Na manhã de hoje, 24, ele lançou um vídeo para tratar da recusa da Academia em deixá-lo passar pelo tapete vermelho vestido como seu personagem em O Ditador.

Mas não estamos falando de qualquer vídeo, mas de um com direito à total caracterização do General Aladeen.






"Em nome da nação de Wadiya, eu estou indignado por ter sido banido do Oscar pela Academy of Motion Pictures of Arts ans Zionistas", disse ele, "Enquanto eu aplaudo a Academia por tirar meu direito a liberdade de expressão, eu aviso vocês que se não tirarem minhas sanções e devolverem os meus tickets até o meio dia do domingo, vocês sofrerão consequência inimagináveis".

Em seguida ele diz que pagou US$2 milhões a Hilary Swank para ser sua acompanhante e que "ela não vai reembolsar um centavo".

Mas o que os outros atores estão dizendo do comportamento de Cohen?

"Eu entendo que é muito sério, você sabe, olha só a idade média dos membros da Academia", disse Sophia Bush, "Não é um insulto, mas eu só estou dizendo que é um pouco tradicional... Mas eu acho que seria hilário, e algumas pessoas como eu iam gostar de ver isso".





LEIA MAIS: Personagem de Sacha Baron Cohen não é bem-vindo ao Oscar, mas o ator é...



ParamountPictures



Já a bela de Vampire Diaries, Kat Graham, acha que Cohen deveria simplesmente ir fundo, "Se  eu tivesse que pedir permissão para o meu estilo, eu nem mesmo acho que alguém me deixaria entrar no tapete vermelho".

"Eu não quero julgar ninguém, mas acho que é preciso manter um nível de decoro no Oscar", disse a indicada Octavia Spencer, "Se nós começarmos a fazer isso, então vai virar uma outra coisa".

Por outro lado, Paula Patton não acha que não deveria haver "nenhuma regra" quando se trata da arte, "Acho que deveríamos encorajar as pessoas a serem indivíduos e a se expressarem", disse ela, "Eu só não acho que deveria haver regras como essa, então eu espero que ele tenha a autorização. E escutem, algumas pessoas podem gostar e outras não, mas não importa desde que ele esteja feliz".

Mas isso realmente está perturbando tanto assim o ator? "Sacha está torturando a Academia. Acho que quando isso acabar eles vão revogar sua adesão", disse um informante.

Agora queremos saber de você. Você acha que o General Aladeen deveria ser autorizado no tapete vermelho?