Pai de Katy Perry diz que ela é filha do diabo

E! News | Faz 4 anos

 
Katy Perry

Jackson Lee/Splash News



Pais da estrela são pastores e pedem orações pela filha






Keith Hudson, pai de Katy Perry e pastor evangélico, lançou um ataque público chocante contra a filha por conta de suas letras picantes. De acordo com o jornal inglês The Sun, o hit lésbico I Kissed a Girl e os figurinos dos shows da cantora foram apontados por Keith como "coisas do inferno". Ele a mulher, Mary, estariam fazendo uma perigrinação por igrejas dos Estados Unidos para pedir aos fiéis de sua congregação que orem por Katy, que precisaria "ser curada" por ser "filha do diabo", diz o jornal.

Durante um sermão do casal de pastores em uma igreja de Santa Fe, na Califórnia, Keith teria dito: "Eles me perguntam como posso pregar se eu produzi uma garota que cantava sobre beijar outra garota?".









O pai da pop star de 28 anos também teria dito que "chorou" a ver os fãs adorando a fiha em seus shows, já que era a Deus que eles deveriam estar orando. 

"Eu estava em um show de Katy onde havia 20.000 pessoas. Quase parecia uma igreja. Chore sem parar...eles estão amando e adorando a coisa errada", completou Keith no sermão.

O casal, que não se sabe se ainda fala com a filha, também pediu aos fiéis doações para que eles pudessem financiar uma viagem para a Suíça. Eles teriam pedido para que fosse doados "não é um ou dois dólares, mas sim vinte". O que será que Katy acha disso?