Pai de Brittany Murphy não está satisfeito com a investigação da morte de sua filha

E! News | Faz 48 anos

 

Dave M. Bennett/Getty Images




Os resultados das análises conduzidas no corpo da atriz Brittany Murphy deixaram seu pai Angelo Bertolotti insatisfeito.

Em uma tentativa de reabrir a investigação sobre a morte de sua filha, Bertolotti apresentou uma petição contra o médico legista de Los Angeles e ao departamento de polícia da cidade.

Em dezembro de 2009, a autópsia revelou que Brittany morreu de pneumonia, anemia e pelo uso excessivo de drogas. Cinco meses depois, seu marido Monjak Simon também morreu de pneumonia e anemia.




Matt Symons /James Breeden, PacificCoastNews.com




"Anos depois da morte prematura de minha filha, ainda não fizeram os testes toxicológicos em seu cabelo. Tanto o legista quanto a policia de Los Angeles admitiram que esses testes não foram realizados ",  declarou Bertolotti.

Por não estar satisfeito com a atitude das autoridades, o pai de Brittany pediu a justiça que deixassem os testes por sua própria conta. "Eles estavam prestes a destruir o cabelo e as roupas de Brittany, eu tive que pagar para preservá-los. Não vou descansar até que a morte de minha filha seja devidamente investigada. O caso merece mais do que um simples olhar", disse ele seriamente.