Os motivos que levaram Katie Holmes a abrir mão do casamento com Tom Cruise, pelo bem-estar de Suri

E! News | Faz 5 anos

 

Uri Schanker/FilmMagic



Bem, levando em conta que Vanessa Paradis recebeu cerca de 200 milhões de dólares por 14 anos de casamento com Johnny Depp, Katie Holmes está equiparada à atriz, no que toca a quantias justas de divórcio, por tempo de casamento.






Foram 5 anos entre Katie Holmes, 33, e Tom Cruise, 49, um acordo pré-nupcial de divisão de bens e uma filha, Suri Cruise, 6.

Casada desde novembro de 2006, a atriz de Dawson's Creek pediu o divórcio do ator de Missão Impossível, na última sexta-feira, 29. Katie receberá 15 milhões pela união e 35 milhões pela mansão, em Beverly Hills.

Citando "diferenças irreconciliáveis", Katie quer a guarda integral da filha. Segundo o advogado de divórcio, Vikki Ziegler, que deu entrevista ao Hollywoodlife, Katie certamente receberá uma boa quantia de pensão à filha. ''A maior parte do patrimônio é de Tom, mas ela receberá muito dinheiro de pensão à criança. Suri tem babás, carros, roupas, atividades, cabeleireiro, enfim, uma boa quantidade por mês será necessária para manter seu estilo de vida".

Fora a mansão em Beverly Hills, o ex-casal também tem casas em Nova York, Colorado, Itália e Inglaterra. Segundo o advogado do ator, Bert Fields, é esperado que ele não torne o pedido de divórcio de sua ex-mulher litigioso.

O fato é que, se a cientologia foi um problema durante o matrimônio dos dois, não deixou de ser após o pedido de divórcio. Katie parece estar preocupada com sua segurança e anda se sentindo observada por cientologistas, tendo, inclusive, enviado fotos de uma van em frente à sua casa, para a polícia.

Segundo o site TMZ, o estopim para as diferenças irreconciliáveis entre o casal teria sido a insistência de Tom Cruise em intervir nas escolhas de Suri, sem que Katie tivesse voz nas decisões.

Aparentemente, Tom planejava enviar a filha para a Sea Organization, uma vertente da Cientologia que recebe crianças a partir dos 5 anos de idade e as ensina sobre os princípios da crença.



Courtesy: Paul Kolnik



Além de Katie não ser muito a favor da inserção de Suri na Cientologia tão cedo, isso implicaria na necessidade da atriz se manter afastada da filha, que ficaria em um barco, sendo doutrinada longe da família.

Em 2004, pouco antes do casal se conhecer, Tom Cruise havia comemorado seu aniversário no barco Freewinds, onde vivem vários membros da Sea Org, segundo relata o site TMZ.

A Sea Organization já teve sua imagem vinculada à idéia de um campo de treinamento, e alguns ex-integrantes da religião, como o roteirista de 007: Casino Royale, Paul Haggis, já protestaram contra suas políticas militares.

O roteirista e produtor de Hollywood se manifestou em carta aberta ao porta-voz da Church of Scientology International, Tommy Davis, dizendo que "Há dez meses estou para escrever uma declaração pública denunciando as ações da Igreja de Scientologia de San Diego", em 2009, publicada na aclamada revista The New Yorker.

Bem, com todos estes fatos, podemos concluir que o dinheiro resultante do divórcio, definitivamente, não foi o que levou Katie a acreditar que a separação seria o melhor caminho. A atriz abdicou do matrimônio pelo bem-estar de Suri. O que vocês acham de tudo isso?





Tom Cruise e Katie Holmes: álbum de família

Pledge to Beckham