Os maiores escândalos envolvendo o Príncipe Harry

E! News | Faz 5 anos

 

BAUER-GRIFFIN.COM



Consumir drogas, se fantasiar de nazista e insultar os amigos... Confira tudo que ele já aprontou






Sejamos honestos aqui: Todos amam um escândalo real. Principalmente quando esse escândalo envolve o solteiro mais cobiçado do planeta, que tem um grande histórico de polêmicas envolvendo seu nome.

Estamos falando, é claro, de Príncipe Harry, que mostrou suas próprias joias da coroa em fotos que vazaram na internet no começo desta semana tiradas durante sua estadia em Las Vegas.

E, obviamente, o incidente nós fez lembrar outros grandes escândalos envolvendo o ruivo real durante os anos...



Splash News



1 - Há alguns anos, Harry era apenas um garoto no colégio e passou por uma coisa que muitos garotos de 16 anos passam enquanto estão crescendo: a fase de experimentação. Em 2002, o príncipe ganhou as manchetes depois de admitir já ter experimentado maconha e ter consumido bebidas alcoólicas mesmo sendo menor de idade. O Príncipe Charles então mandou o filho caçula para um centro de reabilitação, mas apenas para uma visita que durou um dia, para que ele aprendesse os males das drogas.

2 - Em 2004, o nome de Harry voltou às manchetes depois que uma de suas professoras do colégio Elton afirmou tê-lo ajudado a colar durante as provas de artes, chegando até a completar alguns de seus trabalhos e escrever alguns textos para ele. Sarah Forsyth, a professora em questão, fez as alegações durante um julgamento trabalhista por ter sido demitida injustamente – ela culpou Harry enquanto a escola a culpou por seus métodos – e ainda colocou sal na ferida chamando o príncipe de "estudante fraco". Harry e o colégio negaram as acusações.



JIM WATSON/AFP/Getty Images



3 - Ainda em 2004, mais especificamente em dezembro, Harry se envolveu no, provavelmente, mais infame escândalo de seu currículo ao participar de uma festa a fantasia de um amigo vestido com um uniforme com uma suástica no braço.

A foto ganhou as primeiras páginas de jornais em todo mundo, a maioria dizendo "Harry, o nazista". A realeza foi rápida ao pedir desculpas pelo deslize do príncipe, emitindo um comunicado dizendo, "O Príncipe Harry pede desculpa por qualquer ofensa ou embarasso que tenha causada. Ele percebeu que foi uma escolha infeliz de fantasia".



Chris Jackson/Getty Images



4 - Bom, nós não podemos culpá-lo por esta, mas nesse mesmo ano, o príncipe teve uma briga com um paparazzo que resultou no apelido de "Harry Potty" (que felizmente durou pouco). Depois de ter todos os seus passos seguidos, Harry perdeu a paciência com o fotógrafo, o que resultou em uma briga física e fotos do príncipe sendo segurado com o rosto vermelho de raiva, assim como fotos do paparazzo com o lábio machucado. Nenhuma ação legal foi movida.

5 - Em 2009, foi publicado um vídeo gravado três anos antes em que o príncipe é claramente ouvido descrevendo alguns de seus companheiros de exército com adjetivos racistas e nomes pejorativos. Tanto que o agora Primeiro Ministro britânico se manifestou contra as declarações de Harry, chamando-as de "inaceitáveis". O ruivo logo publicou um pedido de desculpas, afirmando entender "quão ofensivo isso pode ser" e que sentia muito por tudo que suas palavras possam ter causado, e o palácio afirmou depois que "Harry usou os termos sem malícia e como apelido" e que "não pretendia insultar os amigos".