Os famosos que lutam contra o racismo

E! News | Faz 1 semana

 
Giovanna Ewbank, Bruno Gagliasso, Titi

Instagram/@brunogagliasso




Preconceito zero!






O racismo é algo que, infelizmente, ainda está muito presente no mundo. Nesta semana, por exemplo, Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank denunciaram Day McCarthy após os ataques racistas que ela fez contra a filha deles, de apenas 4 anos, Titi, nas redes sociais. Lamentável!

BRUNO GAGLIASSO SOBRE RACISMO DE SOCIALITE: "NÃO VAI FICAR IMPUNE"

Assim como Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, muitas outras celebridades, nacionais e internacionais, já sofreram ou presenciaram o preconceito racial e, por conta disso, tentam fazer a diferença eliminando esse ato. Confira, a seguir, alguns famosos que lutam contra o racismo:

DRAKE É VÍTIMA DE RACISMO EM COUNTRY CLUB DA CALIFÓRNIA





Taís Araújo e Lázaro Ramos

Assim como Bruno e Giovanna, o casal também já foi alvo de racismo nas redes sociais. Em agosto, durante o TEDxSãoPaulo, Taís criticou o racismo ao dizer: "No Brasil, a cor do meu filho é o que faz que as pessoas mudem de calçada, segurem suas bolsas, blindem os seus carros". Além disso, a atriz é Defensora dos Direitos das Mulheres Negras da ONU Mulheres.



Taís Araújo, Lázaro Ramos








 

Karol Conká

A cantora brasileira faz questão de lutar contra o racismo. Em entrevista ao HuffPost Brasil, Karol disse: "É muito importante ter esse tipo de música porque existem muitas meninas frustradas precisando de uma palavra de conforto [...] Acredito que quando a gente ouve uma música com palavra de conforto, de alguém que te entende, a gente pode se sentir melhor".



Karol Conka, Instagram

Instagram/@karolconka








 

Viola Davis

Em 2015, a atriz norte-americana se tornou a primeira mulher negra a ganhar um Emmy de Melhor Atriz na Categoria Série Dramática. Em seu aclamado discurso, Viola disse: "A única coisa que separa as mulheres negras de qualquer outra pessoa é a oportunidade. Você não pode ganhar um Emmy por papéis que simplesmente não existem".



Viola Davis, Show, American Music Awards 2017, AMAs

Kevin Winter/Getty Images








 

Lupita Nyong'o

Em 2014, Lupita Nyong'o ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante pelo filme 12 Anos de Escravidão e, após a premiação, também falou da sua luta contra o racismo. Ela disse: "Sim, padrões de beleza ocidentais são coisas que afetam o mundo inteiro. E, então, o que acontece? Você está em uma sociedade que não valoriza a pele mais escura".



CFDA Awards 2017, Lupita Nyong

Evan Agostini/Invision/AP








 

Oprah Winfrey

A apresentadora reconheceu publicamente que o racismo ainda é um problema em todo o mundo. Em polêmica entrevista à BBC, Oprah disse que as gerações foram "marginadas" no racismo. "Enquanto as pessoas forem julgadas pela cor de sua pele, o problema ainda não está resolvido. Ainda há gerações de pessoas mais velhas que nasceram e criaram nesse preconceito. Elas só precisam morrer".



Oprah Winfrey

Tibrina Hobson/Getty Images




As plásticas que as Kardashians e Jenner são acusadas de ter feito

Nariz, Kim