Os deslizes de Lindsay Lohan no programa Saturday Night Live foram causados por remédios

E! News | Faz 5 anos

 

Andrew Harrer/Bloomberg via Getty Images



Michael Lohan garantiu que sua filha, Lindsay Lohan, já não toma substâncias ilegais e que os medicamentos receitados pelo médico foram a causa de sua medíocre atuação no programa, em março.

O pai da artista também afirmou que convenceu a atriz a deixar de tomar os medicamentos assim que ficou confirmada sua participação em Glee, para que pudesse demonstrar seu potencial.






"Estou feliz de dizer isto no programa. Lindsay não estava tomando nenhuma droga ilegal, nem estava bebendo, só estava em tratamento médico. São medicamentos que ela precisa, embora eu não acredite nisso. Eles a tornam vazia, não permitem que ela atue como sabe. É como se a colocassem em uma jaula", declarou ao Celebrituviplounge.com

"Quando começou a gravar Glee, a disse para deixar a medicação de lado, para que pudessem ver quem ela era. E uns dias antes da atuação ela parou de tomar. Saíram algumas lágrimas dos meus olhos quando assisti à série. Aquela era Lindsay, a verdadeira, a de ‘Garotas Malvadas", acrescentou.

Em 2012, os documentos de sua liberdade condicional indicavam que tomava diversos antidepressivos e analgésicos.