Ops! Lady Gaga tem visto negado na Indonésia, "Ela é perigosa"

E! News | Faz 5 anos

 

Andrew H. Walker/Getty Images



Até mesmo grandes popstars podem ser rejeitados.

E foi exatamente o que aconteceu com a cantora Lady Gaga.

A estrela teve um visto negado!






Lady Gaga iria realizar um show em Jacarta, cidade na Indonésia, como parte de sua turnê Born This Way Ball no dia 3 de junho, mas teve o visto negado pela polícia local após birras de grupos islâmicos. 

Boy Rafli Amar, porta-voz da polícia de Jacarta, disse que a autorização da entrada de Gaga à cidade havia sido negada depois que muitos protestaram contra a imagem "sexualizada" da cantora, já que sua danças provocantes poderiam abalar a moral do país. 

A empresa que organizou o show, Big Daddy, já tinha vendido aproximadamente 52 mil ingressos. 

A Indonésia é o maior país muçulmano do mundo, com 240 milhões de devotos e grupos distintos, incluindo a organização Defensores Muçulmanos e a Fronte de Defensores Islâmicos (FPI),

que disseram "não tolerar" Gaga no país.

Eles até ameaçaram o governo para apoiar a decisão de impedir Gaga de descer de avião!

O presidente FPI, Salim Alatas, disse, "Não vamos deixar ela pôr os pés em nossa terra. É melhor não ousar a espalhar sua fé satânica neste país. Seu estilo é vulgar. E suas roupas sexuais e indecentes irão destruir o sentido de moralidade nas nossas crianças. Ela é muito perigosa".

Gaga já enfrentou protestos anteriormente, como em seu primeiro show em Seul, Coréia do Sul. A apresentação, na época, foi limitada a maiores de 18 anos.

Na Indonésia ela é literalmente a mãe monstro (termo usado por ela e seus fãs, Mother Monster).





Os looks de Lady Gaga