O show do Foo Fighters realmente causou um terremoto? Como eles conseguiram?

E! News | Faz 47 anos

 

AP Photo/Matt Sayles




Você sabe que o Foo Fighters está fazendo um grande show quando seus fãs causam um terremoto.

E foi isso mesmo que aconteceu durante uma apresentação em Auckland, Nova Zelândia na terça-feira, 13.

Como assim?!






De acordo com o Geonet Blog, que monitora terremotos, sismólogos notaram os primeiros sinais de que o chão estava tremendo durante o show de abertura no Western Springs Stadium, mas terremoto começou de verdade quando Dave Grohl e seus companheiros entraram no palco.

"As vibrações do concerto foram identificadas como um sinal harmônico semi-contínuo com um pico de 3Hz, isto é, o chão estava tremendo 3 vezes por segundo em um bom movimento rítmico", disse o blog.

Tradução?

De acordo com o Geonet, as ondas sísmicas que o Foo Fighters e os 50 mil fãs presentes produziram são similares às ondas que os tremores vulcânicos produziram em locais próximos como o Mt. Ruapehu e White Island.

E tudo isso sem a lava...

E enquanto isso pode parecer impressionante, Victor Tsai, professor assistente de Geofísica em Caltech, contou ao E! News que isso não é tão incomum que grandes concentrações de pessoas causem tremores assim.
 "Foi observado que durante eventos como jogos de futebol ou shows, temos tremores porque as pessoas estão pulando e se movendo. E as ondas sísmicas viajam através da crosta terrestre", explicou Tsai, "Basicamente, muitas pessoas em um lugar vão causar algumas ondas pela terra. Assim, somando uma grande quantidade de pessoas com um pouco de energia sísmica resulta em algo mensurável como esses tremores".





E os indicados ao Grammy são...





Atualmente a banda está em turnê pelo mundo para promover o último álbum, Wasting Light, que foi indicado a seis categorias no Grammy, incluindo a de Álbum do Ano.

Após se apresentarem na Nova Zelândia, eles terão um intervalo, e depois seguem para o Japão em março, e em seguida para Buenos Aires. E em abril se apresentam em São Paulo, no festival Lollapalooza.