O que o Oscar não mostrou: o beijo entre Javier Bardem e Josh Brolin

E! News | Faz 6 anos

 
EFE
Na cerimônia do Oscar, houve um momento delicado que não foi visto, pelo menos na televisão, entre Javier Bardem e Josh Brolin. Durante a apresentação humorística dos dois... houve um beijo na boca! As câmeras, sem querer ou querendo, não filmaram o momento. A foto foi publicada por muitos jornais, revistas e sites ao redor do mundo na semana seguinte do Oscar, despertando, sem dúvidas, uma questão: a transmissão censurou a cena de dois homens se beijando? “É um ato homofóbico. Não deixaram a cena visível e transcender socialmente, por que, se fosse outra dupla se beijando, a transmissão ia fazer questão de filmar e mostrar para todo o mundo”, sentenciou um dos reclamantes. “Tanto a dança quanto o beijo não estavam no roteiro e o plano era filmar Penelope Cruz no público enquanto as pessoas aplaudiam a entrada de Josh e Javier, e foi isso que fizemos. Como ninguém se deu conta o que iam fazer, filmamos de acordo com o roteiro, que era ver a expressão de Cruz quando o seu marido fosse ao palco”, disse Bruce Cohen, produtor de ABC, emissora que transmite a cerimônia do Oscar. O produtor também confessou que, até o assunto cair na internet, ele nem sabia da cena do beijo, “Não tinha nem idéia que eles se beijaram”. Bruce afirmou, “Poderia ter filmado esse momento entre Josh e Bardem. Ia ser um grande momento televisivo da gala”. A verdade é que a Academia é muito conversadora e há grandes chances de ter tido a censura, por terem julgado o momento como “moralmente ruim”.