O que George Clooney e um bando de garotas de programa têm em comum?

E! News | Faz 6 anos

 
Bela maneira de expor o julgamento que envolve as façanhas sexuais do acusado, o Primeiro-Ministro italiano Silvio Berlusconi,  nos sites de entretenimento! É só jogar George Clooney na lista de nomes de pontenciais testemunhas! Bom, isso foi exatamente o que o time de advogados da defesa de Berlusconi fez ontem á tarde. O vencedor do Oscar e namorado da bela Elisabetta Canalis, junto com bando de garotas de programa, fazem parte da lista das 78 testemunhas que podem ser chamadas ao tribunal de Milão para testemunhar sobre as acusações de que o Primeiro-Ministro teria pago para fazer sexo com uma garota menor de idade em 2010. Mas, por que Clooney? Até o ator está sem entender porque ele faz parte da lista de testemunhas, já que o representante do astro disse ontem, “Isso tudo é estranho porque Clooney só conheceu Berlusconi uma vez, quando o ator foi pessoalmente conversar com o político para arrecadar fundos para as vítimas de AIDS em Darfur”. Aparentemente a garota marroquina de 17 anos, que é a jovem envolvida no caso, alega ter visto Clooney e Canalis ano passado durante um jantar na propriedade de Berlusconi, que coincidentemente, fica próximo da casa do ator em Lake Como. Pelo visto, os advogados de Berlusconi estão simplesmente interessados em descobrir com Clooney se isso é verdade ou não, apesar dos advogados terem em mãos depoimentos de Canalis afirmando que os dois nunca freqüentaram nenhuma festa de Berlusconi juntos. Hm.. História muito mal contada. O julgamento começa dia 06 de abril. Será que o galã vai ter que testemunhar?