O filho de Michael Jackson, Prince Jackson, vai testemunhar hoje!

E! News | Faz 5 anos

 
AP Photo/Isaac Brekken; Getty Images
O filho de Michael Jackson, Prince Michael aceitou testemunhas no julgamento do médico Dr. Conrad Murray. O filho de 14 anos estava relutante em sentar no banco das testemunhas pra depor contra o médico (que foi acusado de administrar uma dose letal do anestésico Propofol, que matou Michael em 2009) no caso que começa hoje. Prince deve depor com o tribunal vazio, sem espectadores. Pelo menos é isso que ele quer. Uma fonte contou ao TMZ.com que Prince Michael está “nervoso” e preocupado com a possibilidade de ser chamado pela acusação, porque os advogados de sua avó, Katherine Jackson (que tem a sua guarda legal) vão pedir para esvaziar a sala, mas talvez isso não aconteça. A primeira testemunha que deve ser chamada pela acusação é o coreógrafo de This Is It, Kenny Ortega. Sandi Gibbons, porta-voz da Los Angeles Country District Attorney’s Office disse, “Kenny Ortega será a primeira testemunha chamada, seguido por Paul Gongaware (co-presidente da AEG, promotoria de shows)”. Kenny, que também foi a primeira testemunha no pré-julgamento, vai dizer que Michael cancelou muitas vezes os ensaios e não estava bem de saúde antes da sua morte. Uma fonte disse ao RadarOnline, “Havia dias que Michael cancelava seus ensaios ou aparições extremamente tarde. O representante de District Attorney’s Office, David Walgren, vai focar em um encontro que Ortega teve com Michael Jackson em sua casa em 20 de junho de 2009, e que Dr. Murray esteve presente. No encontro, Kenny expressou sua preocupação com a saúde de Michael. A reação de Dr. Murray durante o encontro vai ser particularmente interessante para o júri”. Ok, agora temos que esperar para ver qual vai ser o final dessa saga...