Muse é acusada de roubar o conceito de Exogenesis

E! News | Faz 5 anos

 

Jason Merritt/Getty Images



Banda está sendo processada por suposto compositor






Parece que o Muse está enfrentando alguns problemas legais.

A banda britânica se encontra no meio de um processo de US$3,5 milhões, que foi arquivado por um compositor contra o grupo da Warner Music afirmando que o Muse roubou o conceito da sinfonia de três partes, Exogenesis, que é uma ópera de rock de ficção cientifica sobre a destruição da Terra e da humanidade.

De acordo com os documentos da corte, Charles Bollfrass alega que foi o responsável por apresentar ao trio, assim como à outras duas bandas não especificadas, suas ideias para um projeto também chamado "Exogenesis", em 2005, entretanto, foi dito a ele que os três não estavam interessados.

Porém, o Muse credita Matthew Bellamy – vocalista, guitarrista e principal compositor da banda – como o autor da "Exogenesis Symphony", lançada no álbum mais recente do grupo, The Resistance, em 2009.





Muse lança clipe se Survival, música tema das Olimpíadas de Londres



AP Photo/Matt Sayles



Segundo Bollfrass, a banda usou a história como base de sua versão, em que o encarte do álbum descreve a ideia como "a humanidade chegando ao fim e todo mundo depositando suas esperanças em um grupo de astronautas que explora o espaço e espalha a humanidade por outro planeta".

Além disso, o compositor acusa o Muse de ter copiado a imagem criada por ele para o projeto e está processando a Warner por violação de diretos autorais, práticas desleais de comércio e competição injusta.

Em um comunicado enviado ao E! News, a banda negou as acusações.

"As reivindicações são completamente sem sentido, e são categoricamente negadas. Aparentemente são baseada em um ‘roteiro' que a banda nunca recebeu ou viu, produzido por alguém que a banda nunca ouviu falar. Ele fala de um volume que foi lançado em um álbum três anos atrás, e ainda assim essa é a primeira vez que essas alegações sem fundamento são feitas", disse o representante do Muse.

O representante ainda disse que a Warner Music "irá defender agressivamente o processo e a banda está explorando quais recursos podem estar disponíveis nos Estados Unidos em relação a essas alegações mentirosas e sem base".

O novo álbum do Muse, The 2nd Law, chega à lojas em 2 de outubro.