Miley Cyrus fala sobre sua carreira: “Meu talento é cantar”

E! News | Faz 3 anos

 
Miley Cyrus, Billboard, portada



Estrela é a nova capa da revista Billboard






Aos 20 anos, Miley Cyrus tem muitas conquistas para celebrar, como discos de platina, filmes que foram sucesso de bilheteria e ser a mulher mais nova a ter um álbum no primeiro lugar das paradas.

Siga o E! Online Brasil no Twitter

E em entrevista à revista Billboard, da qual é a nova capa, a estrela falou sobre as mudanças em sua carreira e em seu estilo musical, sua dedicação ao trabalho e, claro, sobre seu novo single, We Can't Stop.

"Agora, quando as pessoas vão ao iTunes e escutam minhas músicas antigas, é muito irritante porque eu não posso apagar aquelas coisas e começar de novo. Minha última música [Can't Be Tamed], sinto que estou desconectada de quando tinha 16 ou 17 anos e a escrevi. Quando você tem 20 anos, você não sabe mais quem é direito", declarou ela.

LEIA MAIS: Novo single de Miley Cyrus foi feito para Rihanna

"Quero começar como uma nova artista, eu considero meu novo álbum o meu primeiro, de verdade", continuou.

E We Can't Stop pode mesmo ter sido um bom (re)começo. O primeiro single do novo álbum de Miley estreou na 11ª posição da Hot 100 e chegou ao 3º lugar da Hot Digital Songs com 214 mil cópias vendidas online.

"Não fiz essa música para os críticos, mas para as pessoas. Tenho 20 anos e quero falar com as pessoas que ficam acordadas a noite inteira com os amigos. Essa música é baseada em uma noite louca que eu tive: quando ouvi a música pela primeira vez, ela capturou tudo que eu estava vivendo", contou Miley.

Leve o E! Online Brasil no bolso! Baixe o aplicativo do E! na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World

Sobre as influências do novo álbum, Cyrus contou: "Não é um álbum de hip-hop, embora seja pop. Não estou tentando fazer rap, é mais como ‘não vejo nenhuma menina fazendo o que Miguel e Frank Ocean fazem'". Estamos chamando de ‘count-step' porque tem um pouco de country, dubstep e um pouco de trap".

"Muitas pessoas tentaram fazer de mim uma Nicki Minaj branca. Não é o que eu quero. Eu amo musica hood, mas meu talento é cantar", continuou.