Meninos são incentivados a bater em uma garota em vídeo

E! News, the trend, | Faz 2 anos

 
Slap Her

Reprodução




Confira qual foi a reação deles!






Em prol de uma campanha contra a violência às mulheres, a página italiana fanpage.it, teve a ideia de gravar o vídeo Slap Her (Bata nela), onde seis garotos, entre 7 e 11 anos, são incentivados a bater em uma garota.

DISNEY REVELA ONDE ESTÃO OS "MICKEYS" ESCONDIDOS EM SEUS DESENHOS

A gravação começa com o jornalista perguntando o nome, idade e qual profissão os meninos gostariam de seguir. As respostas são diversas como, jogador de futebol, padeiro, policial e bombeiro. 

GAROTO TRANSFORMA APARTAMENTO EM HOGWARTS PARA ANIVERSÁRIO DA AMIGA

Logo depois, ele traz à cena, uma menina chamada Martina e pede para que eles digam o que mais gostaram nela. "Seus olhos", "Só do cabelo, eu juro!", "Tudo!", "Seus sapatos e suas mãos", foram algumas das respostas. Em seguida, o jornalista pede para eles fazerem um carinho na garota, e os meninos então, passam a mão no cabelo, no rosto e no ombro de Martina. 

Apesar dessas cenas terem sido divertidas, o ponto alto do vídeo, acontece quando o jornalista pede para que eles batam na menina. O mais interessante é que todos eles se recusam e explicam o motivo: "Ela é uma garota, não posso fazer isso!", "Nós não devemos bater em garotas", "Eu não quero machucá-la", "Eu sou contra a violência", "Meninas não devem apanhar nem com uma flor", foram as justificativas dos garotos.

O projeto que pretendia descobrir a reação das crianças em relação à violência contra a mulher, se tornou um viral e já tem mais de 8 milhões de visualizações no YouTube! Assista: