Martin Scorsese é processado por abandonar filme

E! News | Faz 5 anos

 

Paul Drinkwater/NBC



Filme que diretor concordou em fazer 22 anos atrás não foi concluído






O famoso, premiado e lendário diretor de Hollywood, responsável pelos clássicos Taxi Driver, Touro Indomável e Os Bons Companheiros - pode estar encrencado!

Martin Scorsese pode perder uma boa quantia de dinheiro depois que a Cecchi Gori Pictures entrou com um processo contra o cineasta, afirmando que ele está devendo dinheiro por concordar em fazer um filme, chamado Silence, em 1990, mas nunca, nem sequer, pisou no estúdio!

A Cecchi Gori Pictures alega que Martin deve pagar de volta U$ 1,5 milhão por não conseguir fazer o filme. A produtora contou que, em 2004, Martin concordou em fazer Silence seu próximo trabalho, mas adiou o projeto novamente para filmar The Wolf of Wall Street.

De acordo com o processo, Cecchi diz que Martin pagou para colocar Silence em banho-maria para dirigir os bombados Os Infiltrados, Ilha do Medo (com Leo DiCaprio) e A Invenção de Hugo Cabret. O estúdio afirma que ele ainda deve-lhes o valor de seu título produtor A Invenção de Hugo Cabret, bem como 20% dos lucros do drama de aventura 3D lançado em 2011.

Ou seja, a Cecchi está processando o diretor pela participação não paga do filme A Invenção de Hugo Cabret e pelo filme Silence.

Martin Scorsese ainda não comentou sobre as alegações, nem seus representantes.



Jaap Buitendijk/Paramount Pictures