Manolo Otero morre aos 63 anos

E! News | Faz 5 años

 
Foto: EFE/Reprodução
Manolo Otero morreu nesta última quarta-feira (1), aos 63 anos, no Hospital das Clínicas em São Paulo. O cantor espanhol - dono da voz de canções românticas de grande sucesso nas décadas de 70 e 80 - estava internado e lutava contra câncer no fígado. A doença foi descoberta em estágio avançado. Otero morava em Indaiatuba com a mulher e produtora brasileira, Celeste Ferreira. Nascido em Madrid, ficou conhecido nos países latinos principalmente pelas músicas Champagne, Quizás, quizás, quizás e Recordandome. Começou a estudar canto aos 14 e gravou seu primeiro disco em 1975. O álbum de estreia Todo el tiempo del mundo foi sucesso de vendas. O cantor é pai de Manolo Otero Júnior, do casamento com sua primeira mulher, María José Cantudo. O corpo de Otero deve ser cremado em Santos, litoral paulista. 

Fonte: Amaury Jr.