Mãe de Taylor Swift chora em julgamento da filha sobre assédio sexual

E! News | Faz 6 días

 
Andrea Swift, Taylor Swift

Alo Ceballos/GC Images, Jawad Elatab/Splash News




Saiba como foi o testemunho de Andrea Swift






Taylor Swift participou nessa quarta-feira, 08, do julgamento contra o DJ David Mueller, que ela acusa de assédio sexual, durante o backstage de um show, em 2013. Durante testemunho, Andrea Swift, mãe de Taylor, se emocionou contando os fatos para o juiz do caso.

TAYLOR SWIFT E SUPOSTO NAMORADO SE ESCONDEM AO SEREM FLAGRADOS SAINDO JUNTOS DE ACADEMIA

"Eu sabia o que tinha acontecido, eu ouvi dela, eu ouvi da boca da minha filha. Ele a assediou sexualmente, bem ali, aquele cara", disse Andrea, apontando para David, que durante uma foto no meet and greet, em 2013, colocou a mão no bumbum da cantora, por debaixo da roupa.

Aos prantos, Andrea ainda disse que depois de saber do acontecido, ela pediu para que Taylor agradecesse David por estar lá: "Ela não podia acreditar que depois dele ter agarrado ela, ela teve que agradece-lo por estar lá. Foi destruidor ela ter que dizer isso... Como mãe, eu me questionei o motivo deu ter pedido para ela ter sido tão política naquele momento".

TAYLOR SWIFT ELOGIA NOVO SINGLE DE SELENA GOMEZ

Ela ainda explicou porque não foi até a polícia no dia do ocorrido: "Eu não queria que isso marcasse a vida dela com memes e gifs intermináveis ou que qualquer coisa aparecesse em tabloides... Isso faria ela viver este momento horrível de novo e de novo. Eu estava tão chateada em um momento, que eu queria vomitar e chorar tudo ao mesmo tempo. Nós achamos que era importantíssimo deixar a equipe dela saber o que tinha acontecido", finalizou.

Antes do depoimento de Andrea, David também deu seu testemunho sobre o caso: "Eu sei que eu estava atrás dela e neste momento eu não sei onde estava minha mão e por isso eu diria que foi um acidente".





A evolução do cabelo de Taylor Swift

2006