Luzes e sombras para o taekwondo brasileiro, peruano e mexicano

E! News | Faz 5 anos

 



Péssimo dia para o taekwondo peruano e mexicano. Os representantes dos dois países na modalidade de até 68 quilos foram derrotados por seus oponentes esta quinta. Peter López, do Peru, perdeu para o sérvio Damir Jejzic em uma luta onde Jejzic começou com sorte. Embora o Peru tenha tentado virar o resultado no assalto final, a superioridade do sérvio impediu e Peter não passou para a próxima rodada perdendo de 3 a 5.

Tão pouco estará nas quartas de final o mexicano Erick Osornio, quem não anda tendo muita sorte, pois a mesma está do lado do britânico Martin Stamper. Nos dois primeiros sets ninguém marcou nenhum golpe, por isso no terceiro é que foi decidido o desfecho da batalha, favorável ao lutador de Liverpool, que venceu com uma pontuação de 5 a 2.






O único que passou para a próxima rodada, nesta categoria, de até 68 quilos, foi o brasileiro Diogo Silva, que enfrentou Dmitriy Kim do Uzbequistão em uma batalha muito apertada. Ela foi tão equilibrada, que por estarem empatados os jogadores tiveram que disputar um quarto assalto. Daí então o brasileiro recorreu a toda sua força e obteve uma vitória por 1 a 0.