Lindsay Lohan recusa acordo e prefere ser julgada por acusação de roubo

E! News | Faz 6 años

 
David McNew-Pool/Getty Images
Linsday Lohan insiste que é inocente. A atriz de 24 anos recusou a última oferta de acordo feita pela parte acusadora fora do Tribunal. Este acordo final incluía uma pena de prisão de até seis meses. A próxima audiência está marcada para 22 de abril, mas dessa vez, outro juiz irá julgar o caso, avaliando se as evidências apresentadas são suficientes para levá-la à prisão. Mas Lindsay Lohan está confiante de que o júri vai acreditar em sua versão. Fontes próximas da atriz afirmam que o colar foi emprestado, versão negada pelos proprietários da loja A estrela de Means Girls foi acusada de roubar um colar no valor de US$ 2 mil de uma joalheria em Venice, na Califórnia. Lohan negou as acusações e tem dito aos fãs no Twitter que está sendo acusada de um crime que não cometeu. Ela escreveu, “Eu nunca roubaria, caso vocês estejam se perguntando. Não fui educada para roubar, mentir ou enganar ninguém”. Mas criada para entrar no mundo das drogas? Na audiência preliminar, o testemunho de LiLo será ouvido e o juiz do caso vai analisar se há provas suficientes para um julgamento. Caso o juiz julgue-a culpada, Lohan pode pegar até três anos de prisão. Também há a possibilidade de aumentar a sentença se o juiz determinar que este crime é uma violação da condicional referente ao caso ocorrido em 2007, quando a atriz foi presa ao dirigir embriagada. Veja aqui passagens de Lindsay Lohan no Tribunal: