Lindsay Lohan quer abrir centro de reabilitação para ajudar jovens com problemas de drogas

E! News | Faz 7 anos

 
EFE
Aos 40 dias de internação de Lindsay Lohan na clínica de reabilitação, a mãe da cantora, Dina Lohan, apareceu na televisão para falar do assunto, anunciando uma notícia inesperada: sua filha tem sérios problemas. Lógico que sim, Dina. A mãe de Lohan apareceu ontem, 08, em The Today Show e admitiu que, depois de passar duas semanas com sua filha na clínica em um programa para os parentes dos viciados, ela pôde ver “uma pessoa diferente” “E como foi por lá?”, perguntou o apresentador. “É uma experiência que muda a sua vida", respondeu Dina. "O centro Betty Ford é um lugar impressionante. Passei duas semanas lá fazendo sessões familiares, passei o tempo com a família de outros viciados que também estão na mesma situação que eu".  Sobre o estado mental de Lindsay, Dina garante que está "feliz e relaxada" e que "realmente ela está mudando". “Simplemente ele é uma pessoa diferente,” disse. “Lindsay já ficou internada em outras clínicas, mas neste ela realmente mudou. Os médicos entram nas cabeças dos pacientes e com a ajuda da família, os viciados conseguem superar os problemas. É difícil admitir e que alguém tão famoso como Lindsay diga no seu Twitter, "Eu tenho problemas, e arruinei tudo", já é uma grande ajuda para as famílias. Dina até comentou que sua filha "quer abrir seu próprio centro de reabilitação e ajudar os outros jovens. Ela quer olhar para futuro". Matt Lauer, quem entrevistou Dina em agosto sobre o problema de sua filha com as drogas, escutava novamente as mesmas respostas. Será que vai ser diferente este vez? E! soube no final de semana passado que Lindsay foi transferida a outro centro associado à Betty Ford. Ela ficaria por lá até o dia 03 de janeiro, quando cumpre o término da pena.  Uma fonte confirma que como parte da terapia e por recomendação da terapeuta, LiLo voltou a ver o seu pai Michael, que a visitou no domingo, 07.