Após perder a sua liberdade condicional, Lindsay Lohan deixa tribunal algemada. E agora, será que ela vai para a cadeia?

E! News | Faz 5 anos

 
GSI Media
Lindsay Lohan está sendo julgada nesse momento… A estrela problema apareceu super nervosa na corte tentando ser o mais modesta possível, usando um vestido branco da Fendi até o joelho com um lenço branco e um rabo de cavalo baixo. Mas, por mais que seu vestido seja sóbrio e, aparentemente inocente, o resto do seu look mostrava que ela era uma super estrela de Hollywood (não que alguém tenha dúvidas disso...). Era quase como se ela estivesse dizendo “Eu sou uma estrela privilegiada” com a sua bolsa dourada da Chanel e  o seu peep toe Giuseppi Zanotti. Se Linds tivesse trocado seus acessórios por algo menos chamativo, ou quem sabe se tivesse colocado um blazer preto por cima do vestido, com um sapato e uma bolsa básica (e com um blush mais claro, por favor!!) teria ficado mais apropriado para a corte... Certo? Mas, vamos ao que interessa… Como está a situação de Lindsay no julgamento? É, não anda nada bem... O juiz acabou de revogar a liberdade condicional de Lind, depois de constatar que ela falhou mais de uma vez nos seus serviços comunitários.
AP Photo/Mark Boster, Pool
A atriz foi imediatamente algemada e está sob fiançar de U$100.000. A advogada de Lohan, Shawn Holley, informou a corte que já tinha um fiador para a atriz e tentou argumentar que a sua cliente não fosse algemada em uma corte aberta, mas o juiz disse que a decisão foi do Departamento do Xerife. Lohan foi obrigada a voltar à corte no dia 02 de novembro para determinar se ela vai, ou não, para a cadeia. “Lindsay está esperando que esse assunto seja resolvido dia 02 de novembro e o Tribunal voltará a dar a liberdade condicional para ela e permita que ela continue cumprindo seu serviço comunitário”, disse o representante de Lohan, Steve Honig ao E! News.
Ficha de detenção de Lindsay Lohan na polícia
Tudo isso começou às 10h da manhã de hoje, quando a juíza Stephanie Sautner deixou claro que Lohan violou os termos da condicional no seu serviço comunitário no Downtown Women's Center. A juíza ainda acrescentou que o tempo em que ela passou prestando serviço na Cruz Vermelha não vai contar para completar sua sentença. “Ninguém tem o poder de mudar a minha sentença”, disse Sautner. “Nem o centro voluntário nem a condicional. Ela não está recebendo crédito por nenhum tem que passou na Cruz Vermelha Americana”. É, parece que LiLo está bem encrencada!