Lindsay Lohan fala sobre uso de drogas, rehab e arrependimentos

E! News | Faz 4 anos

 
Lindsay Lohan, Piers Morgan

AKM-GSI, CNN




Confira os melhores momentos da entrevista da atriz com Piers Morgan






Por muito pouco Lindsay Lohan não perdeu o prazo estipulado pela justiça para voltar à rehab. Mas antes de se internar, a atriz conversou com Piers Morgan, da CNN, para o jornal britânico Daily Mail sobre seus momentos mais difíceis e como não mudaria nada em seu passado.

Siga o E! Online Brasil no Twitter

"Acredito que as coisas acontecem por uma razão. Eu vivo sem arrependimentos. Há certas coisas que fiz, erros que cometi, e que não mudaria, mas eu não me arrependo de todos eles, porque aprendi com eles", declarou LiLo.

Apesar de toda fama e de ter começado muito cedo em Hollywood, a atriz afirmou que viveu uma adolescência relativamente comum, revelando que só experimentou álcool aos 17 anos e demorou algum tempo para se recuperar do susto, mas que as coisas começaram a sair de controle quando ela se mudou para Los Angeles.

LEIA MAIS: Lindsay Lohan se interna em clínica de reabilitação

"Fui presa pela primeira por dirigir sob influência aos 20 anos e eles encontraram drogas comigo. E a partir daí a imprensa sempre me acompanhou. Eu usei drogas, fui à boates com pessoas que não deveria estar junto, usei cocaína e entre em um carro. Foi muito estúpido", continuou ela.

Ao contrário do que a maioria das pessoas acredita, Lindsay disse que só usou cocaína por "talvez quatro ou cinco vezes", e a razão para isso foi seu pai, Michael Lohan, que enfrentou sua própria batalha contra o álcool e as drogas.

"Isso me lembrava do meu pai. Foram quatro vezes num período entre 20 e 23 anos, e eu fui pega dias vezes", contou ela.

Ainda sobre o pai, LiLo declarou: "Ele não vai mudar. Eu acho que chega um ponto em que você tem que aceitar como as coisas são. Sempre que eu tento trazê-lo de volta para minha vida, ele cria caos para mim e usa para sua vantagem. Ele foi muito bom e então muito doido por toda minha vida".

LEIA TAMBÉM: Lindsay Lohan vai contar sobre temporada na rehab em blog



Lindsay Lohan, Mugshots

L.A. County Sheriff's Department; Santa Monica Police Department




Durante a entrevista, Lohan também falou sobre o relacionamento com sua mãe, contando que as duas quase nunca brigavam e que quando ela foi presa, a cara da mãe contribuiu muito para que ela tivesse o dia mais triste de sua vida.

"O dia que tive que me entregar para a polícia, e tive que ver a cara da minha mãe. Eu passei 12 dias presa e fiquei em choque, passei quatro dias seguidos chorando", declarou.

Leve o E! Online Brasil no bolso! Baixe o aplicativo do E! na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World

Lindsay deu entrada na clínica de reabilitação Betty Ford Center na última sexta-feira, 03, e deve passar os próximos 90 dias internada.

"Estar em Nova York me ajudou. Apenar por ficar mais com a minha família e andar por ai e ter uma vida", continuou ela.