Kristen Stewart fala sobre a vida pós-Crepúsculo, sexo e o jogo da fama em Hollywood

E! News | Faz 5 anos

 

interviewmagazine.com



Agora que a semana de Kristen Stewart em Cannes oficialmente acabou, nós mal estamos aguentando de ansiedade para a estreia de Branca de Neve e o Caçador no dia 1 de junho, e não podemos esperar para ver como será a batalha da protagonista com a vilã de Charlize Theron!

Mas embora nós tenhamos quase enjoado de Kristen, ficamos muito surpresos com a entrevista dela para a revista Interview, da qual é capa ao lado de Charlize, em que ela falou sobre Branca de Neve e sobra a vida além de Crepúsculo.






LEIA MAIS: Kristen Stewart conta qual foi sua inspiração em Branca de Neve e o Caçador





Antes vamos falar sobre as ligações com a saga Crepúsculo, e, surpreendentemente, Stewart revelou que Bella Swan a ajudou a se preparar para o papel no conto de fadas.

"Há um isolamento debilitante que ela sente porque ficou trancada em uma cela por sete anos", disse Kristen sobre a Branca de Neve, "E eu meio que posso relacionar com isso... Não foi a razão pela qual eu quis fazer o filme, mas os fãs e as pessoas que amaram Crepúsculo, eles meio que te colocam nesse plano diferente em que você não é real".

Soa mesmo como a Kristen que conhecemos e amamos!

Mas se você acha que é tudo um plano da atriz para se tornar a maior estrela jovem de Hollywood, melhor repensar. Fama e fortuna não são o objetivo de Kristen, e assim como seu namorado, Robert Pattinson, ela que continuar a interpretar papéis desafiadores.

"É como, ‘bom, você está fazendo filmes para ter sucesso? Ou você está fazendo filmes para aprender alguma coisa?', faz sentido porque é difícil continuar a ter sucesso em Hollywood sem saber qual é o seu caminho... Mas eu não fiz isso. Eu só tive muita sorte".





Romance em Cannes: Kristen Stewart beija Robert Pattinson após pré-estreia de On The Road





"As pessoas acham que eu realmente sou intocável, e isso é traduzido com várias outras pessoas que acham que eu sou super ingrata", disse ela sobre a vida pós-Crepúsculo, "Acho que as pessoas estão acostumadas a ver os atores abertos a tudo e desesperados para aparecer, e enquanto faço isso no set de gravações o máximo que puder, é muito anormal para eu fazer isso na TV, em entrevistas e coisas do tipo".

"Eu não acho que meu processo como atriz é da conta de alguém... Tem aquela frase maravilhosa em que Joanne Woodward disse, ‘Atuar é como sexo: Você deveria fazer, não falar sobre isso'".