Kim Kardashian pode prestar queixas contra a mulher que a atacou: “Não é aceitável”

E! News | Faz 5 anos

 

Splash News; Frazer Harrison/Getty Images



Kim Kardashian não vai deixar a poeira para trás assim tão fácil...

Embora ela tenha reagido muito bem ao bombardeio de farinha no tapete vermelho, a estrela do E! contou com exclusividade ao E! News está considerando prestar queixas à "fã" que a deixou toda suja.

"Eu disse mais cedo que não ia [prestar queixas]", disse ela, "Eu só vou pensar nisso, porque não quero que ninguém pense que pode sair ileso após fazer isso. Então nós vamos lidar com isso".






Kim ainda disse que realmente queria resolver isso, entretanto, apontou que se sentia mais mal pelas pessoas que organizaram o evento do que por ela mesma. Salientando que sim, foi um pouco assustador.

Ela estava posando para as fotos ao lado de Kris Jenner para o lançamento de sua nova fragrância, True Reflection, no hotel London West Hollywood, quando uma mulher, que aparentemente saiu do nada, atirou um saco de farinha na estrela do E! pegando todos de surpresa.

Kim logo deixou o tapete vermelho para se recompor e voltou após cerca de 10 minutos.

A mulher foi pega pela equipe de seguranças e levada a uma delegacia, mas as autoridades não revelaram sua identidade porque ela não havia sido levada sob custódia.

"Estava rindo disso mais cedo, e vocês sabem, essa foi a única coisa que consegui fazer no momento", contou Kim, "Mas acho que é vergonhoso que alguém assim... Arruinasse o evento, ou tentasse arruinar o evento. Não só da minha fragrância, mas da organização, Dress For Success. O evento era sobre isso".





"Agora estou pensando sobre isso e tive um tempo para digerir", continuou, "Eu fico pensando ‘E se fosse outra substância? E se a pessoa tivesse uma arma perigosa? ' É assustador. E o que mais me assusta é que ela agiu como parte da imprensa. Ela saiu do nada! Então vamos mudar um pouco as coisas, ampliar a segurança, tomar algumas medidas, e definitivamente eu vou resolver isso porque não é aceitável".

Mas deixando o susto de lado, como Kim conseguiu se limpar tão rápido para voltar ao tapete vermelho em tão pouco tempo?

"Não tenho ideia", confessou ela, "Eu não achei que estivesse tão ruim até ver as fotos hoje, então pensei, ‘Wow, havia muito pó em mim'ou farinha, seja lá o que for".

"Mas assim que eu entrei no elevador eu disse, ‘Gente há muitas pessoas que estão pagando para estar aqui'", contou Kim, dizendo ainda que não queria "desapontá-los e nem desrespeitá-los".

"Minha mãe estava usando um secador de cabelos para tirar a farinha do meu cabelo, minha jaqueta ficou toda molhada, porque queria ter certeza que ela não estava branca, eles estavam lavando e eu disse, ‘Não me importo, molhada ou não eu vou vesti-la de novo, tirar tudo isso e voltar lá para terminar esse evento. Não vamos deixar que ninguém arruíne isso'" .

E certamente ela deu a volta por cima.

Alguns veículos afirmaram que a mulher estaria ligada a um protesto contra o uso de pele animal do PETA, mas a organização que luta pelos direitos dos animais negou qualquer envolvimento com o que aconteceu no tapete vermelho.

"Nós não acreditamos que Kim seria tão cega para ir atrás dessa mulher, mas se ela for, nós definitivamente vamos prestar atenção para maximizar a exposição da crueldade da indústria de peles. E isso pode significar defender os ativistas se ela quiser", disse o representante do PETA em um comunicado co E! News.