Khloé Kardashian diz que foi um desafio se divorciar de Lamar Odom

E! News, Kardashians, | Faz 2 anos

 
Khloe Kardashian

WCP/4CRNS/FAMEFLYNET PICTURES




Ela também falou da fé!






Khloé Kardashian abriu o coração ao falar de Lamar Odom. Khloé, que falou em decepção depois de Lamar aparecer bebendo, contou detalhes de sua relação com o ex-marido, do qual se separou em 2013, após quatro anos de casamento, e da sua fé nesta terça-feira, 17, ao site de Lena Dunham.

OS MELHORES GIF DE KHLOÉ KARDASHIAN PARA VOCÊ USAR EM DISCUSSÕES

"Eu fui abençoada com um monte de coisas em minha vida, e eu também já tive vários desafios. Foi um desafio para mim quando resolvi me divorciar. No meu ser, eu não acredito em divórcio. Mas cheguei a um ponto no meu casamento em que eu tinha que fazer a escolha de cuidar do meu próprio bem-estar mental e emocional, a fim de proteger a minha felicidade e a mim", disse Khloé.

NÃO PERCA A ESTREIA DA NOVA TEMPORADA DE KEEPING UP WITH THE KARDASHIANS, DIA 24, ÀS 23H. SÓ NO CANAL E!

"Estou em paz com essa decisão e eu sinto como se tivesse honrado meus votos até o fim. Sinto que mantive os sérios votos que fiz diante de Deus com cada milímetro do meu coração, e por isso ainda estou honrando-os, embora o meu relacionamento com meu ex-marido esteja em um lugar diferente. Eu acredito em cuidar do meu parceiro – no passado ou no presente – na saúde e na doença", continuou.

KHLOÉ KARDASHIAN CONTA DETALHES DE SUA PRIMEIRA VEZ NO SEXO

"E sentir-se em paz com a minha relação com Deus, mesmo após o fato. Eu sou grata por poder confiar no meu Deus, que, juntamente com a minha família, me ajudou nos momentos mais difíceis da minha vida", disse a loira, que opinou sobre a religião. "Acreditar em um poder superior é o que me guia para tomar as decisões certas. [...] Eu não acredito que você precisa ser de uma religião para abraçar a religião de outra pessoa. É uma questão de respeitar alguém", contou.

KHLOÉ KARDASHIAN AVISOU QUE KRIS HUMPHRIES ERA UM PERDEDOR

"Eu sou uma cristã, mas eu não acho que, necessariamente, uma igreja te faz ser religiosa", disse Khloé, que revelou ter se revoltado com Deus após a morte de seu pai, Robert Kardashian, em 2003. "Minha relação com a espiritualidade tem mudado ao longo dos anos, mas nunca deixei de acreditar. Eu gosto de ir à igreja, eu só não encontrei uma igreja que me deixou apaixonada, onde eu me encaixe", finalizou.






O romance de Lamar Odom e Khloé Kardashian