Katherine Heigl nunca será uma queridinha da América – e está muito bem assim!

E! News | Faz 47 anos

 

Elle



Você se lembra quando Katherine Heigl era indicada como a próxima Julia Roberts (ou Sandra Bullock, ou Jennifer Aniston, ou qualquer outra queridinha da América)?

Ela se lembra.

A sempre sincera atriz, já começou suas sessões de entrevista em função do lançamento de Noite de Ano Novo. E em uma de suas primeiras entrevistas, para a Elle, ela falou sobre sua decisão de não se conformar com o estereótipo, mesmo quando pareceu que ela estava indo neste caminho.






"Eu realmente nunca fui uma queridinha da América, mas por um minuto eu pensei que era isso eu queria ser", disse a atriz que está na edição de janeiro da revista, "E achei depois que talvez eu fosse".

E então, o que deu errado?

"Ai eu abri a minha boa, e ficou muito claro que eu não era".

Ah sim...

"Há muito de minha mãe, sarcástica, irreverente com as coisas", explicou a atriz, "Mas eu também amo e acolho isso. Eu olho para algumas coisas que tinha a dizer e penso ‘Oh meu Deus, eu diria a mim mesma para calar a boca".

Ainda assim, se desviar do grupo principal tem suas desvantagens.

"Eu acho que é uma coisa feminina. Eu sou aquela que quer que todos gostem de mim, e isso é um objetivo ridículo e impossível. Mas eu acho que se continuar avançando e me mostrando por completo, eles vão me ver de novo do jeito que eu realmente sou".

Enquanto isso, em sua busca para mostrar quem realmente é, Heigl também conversou com a edição britânica da revista Cosmopolitan, em que ela analisou o próprio trabalho.

"Hollywood gosta de rotular todo mundo para ficar fácil de identificar", disse a atriz, "Eu não me importava com isso, eu falava demais, assim como uma criança que está celebrando alguma coisa. Quanto mais eu falava, mais celebraria. Eu pensava ‘Você acha que isso é ser sincero? Que tal isso... ', e depois isso se voltava contra mim".

Podemos dizer que ela está indo muito bem em seu objetivo.

E mais, agora que sua fofíssima filha adotada - de origem asiática- já tem três anos de idade, a estrela pretende expandir a família! Muito bem!